Reviravolta inédita em Brondby no 250º jogo na Europa

26 de Agosto de 2010. Com um novo treinador (Paulo Sérgio) e algumas caras novas (como Nuno André Coelho, Torsiglieri, Evaldo, Maniche, Zapater, Valdés e Diogo Salomão) o Sporting fazia um início de temporada irregular. No play-off de acesso à fase de grupos da Liga Europa os leões encontraram pela frente os dinamarqueses do Brondby. As coisas correram pessimamente em Alvalade (derrota por 2-0) e parecia que o percurso europeu ia ficar mesmo por ali.

Apesar de tudo havia esperança numa reviravolta histórica (nunca o Sporting tinha recuperado numa situação similar). A equipa em Brondby: Rui Patrício; Abel, Daniel Carriço, Nuno André Coelho e Evaldo; André Santos; Vukcevic (Valdés 84), Maniche e Yannick Djaló; Liedson (Saleiro 90+3) e Hélder Postiga (Matias Fernández 67).

O Sporting não entrou bem no jogo. Apesar da vontade, a equipa mostrava-se intranquila. Embora os locais tenham começado melhor, Liedson marcou um golo limpo, aos 28 minutos, anulado por uma fora-de-jogo inexistente… Ainda assim os leões animaram-se, e já no período de descontos da 1ª parte Evaldo marcou, de cabeça, correspondendo a um livre de André Santos.

Quando se esperava que os sportinguistas entrassem no 2º tempo moralizados e à procura do empate na eliminatória, foi surpreendentemente o Brondby a prevalecer, valendo por várias vezes a excelente exibição de Rui Patrício, que negou sempre o golo aos locais.

Pouco a pouco o Sporting foi melhorando, e aos 75 minutos Nuno André Coelho progrediu com a bola e decidiu-se por um remate de muito longe fazendo o golo (muito facilitado pelo guarda-redes Andersen que ainda tocou na bola) – estava empatada a eliminatória e o “milagre” parecia possível. O Brondby desorientou-se e Matias Fernández teve nos pés a resolução do impasse (num lance de 4 para 1!) mas deixou-se desarmar.

Quando muitos já esperavam o prolongamento, após uma bela assistência de Liedson, Yannick Djaló executou um chapéu magnífico a Andersen obtendo um excelente golo que tudo resolveu. Com o triunfo por 3-0 o Sporting obteve uma recuperação inédita na sua História e seguiu nas competições europeias, para a fase de grupos da Liga Europa. Acrescente-se que este foi o jogo nº 250 e a vitória nº 104 do Sporting nas competições do “velho continente”.

vídeo

Post to Twitter

Deixe o seu comentário