2008 – 3ª Supertaça para o Futsal apesar de muitas contrariedades

31 de Agosto de 2008. Nesse dia realizou-se no Pavilhão Desportivo Municipal do Entroncamento a Supertaça de Futsal entre Sporting e Benfica. Sem Davi (castigado), Bibi (expulso na parte final do 1º tempo) e Paulinho (não jogou a 2ª parte após sofrer uma fortíssima pancada do ex-leão Gonçalo Alves), o Sporting teve muitas contrariedades mas soube ultrapassá-las.

Na 1ª parte os leões estiveram fantásticos, mostrando uma defesa coesa, rápidas saídas para o contra-ataque com diagonais perfeitas, boa circulação de bola e grande eficácia. O 3-1 ao intervalo era natural para o jogo jogado. No 2º tempo os sportinguistas jogaram mais na expetativa, mas a concentração e serenidade prevaleceram e o resultado final de 5-3 foi brilhante. Esta foi uma vitória da humildade, do querer, da entreajuda, assente numa disciplina tática férrea e capacidade de sofrimento.

O Sporting jogou com João Benedito; Zezito, Bibi, Alex, Paulinho, Café (2), Deo (1), Jorge Fernandes (1) e João Matos (1). Cristiano Parreiro, Sandro Azenha e Éder Almeida não foram utilizados pelo treinador Paulo Fernandes.

O capitão Zezito: “Já ganhei muita coisa, mas nenhuma vitória me deu mais gozo do que esta. Foi um daqueles jogos em que tudo aconteceu, com lesões, uma expulsão, mas nunca cedemos. Fomos sempre uma verdadeira equipa, solidária, unida e com carradas de humildade. Os miúdos jogaram que se fartaram, à Sporting!”

O treinador Paulo Fernandes: “Foi a vitória da humildade, da entrega, da dedicação e de uma eficácia muito próxima da bitola máxima. A aposta na nossa cantera já dá os seus frutos, espero que esta postura se mantenha para continuarmos a trilhar a via do sucesso”.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário