5-1 aos Campeões de Espanha!

8 de Setembro de 1940. Nesse dia o Sporting recebeu no Lumiar os campeões espanhóis do Atlético Aviación de Madrid (futuro Atlético Madrid). O jogo, de abertura da época, era aguardado com enorme expetativa e causou grande sensação. Jozef Szabo era o treinador do Sporting e escolheu a sequinte equipa: Azevedo; Octávio Barrosa – que se estreou (Rui de Araújo) e Álvaro Cardoso; Paciência, Gregório e Manecas; Mourão (cap), Armando Ferreira, Peyroteo, Pireza e João Cruz.

Os espanhóis, habituados a jogar na relva, sentiram dificuldades com o piso duro do Lumiar. O Sporting entrou de rompante, levando a bola à baliza adversária logo na 1ª jogada. Peyroteo fugiu bem e centrou, mas nem Mourão nem Cruz conseguiram emendar para as redes. À passagem do quarto-de-hora João Cruz falhou um penalty a punir mão na bola de Mesa (permitiu a defesa a Guillermo), mas aos 20 minutos surgiu finalmente o 1º golo. A centro bem medido de João Cruz, Peyroteo cabeceou inapelavelmente.

A 7 minutos do intervalo Campos apanhou Azevedo desprevenido e rematou de muito longe mas a bola bateu na trave.

A 2ª parte começou morna, mas tudo mudou quando entre os 57 e os 60 minutos os leões fizeram mais 3 golos, 2 de João Cruz (ambos magníficos) e 1 de Pireza (com um potente remate à entrada da área). Pouco depois Peyroteo fez o 5-0 com uma emenda à boca da baliza.

Depois de verem-lhes ser negada uma grande-penalidade existente, os espanhóis lá fizeram o ponto de honra a 5 minutos do fim por Pruden, sem hipóteses para Azevedo.

João Cruz foi a principal figura duma equipa que se apresentou com grande espetáculo para início de época.

15 dias depois o Sporting retribuiu a visita e jogou em Vallecas com o seu poderoso adversário. Os espanhóis limparam a face vencendo por 4-3, mas o Sporting, superior, “foi sobretudo vencido por si próprio”. A crítica espanhola sublinhou que o Sporting era uma grande equipa. Peyroteo foi muito elogiado: “seria elemento de valor em qualquer país”, Pireza e Azevedo (apesar da grande tendência para abandonar a baliza) foram os mais destacados por “nuestros hermanos”.

Foto: O plantel do Sporting posando para a fotografia antes da goleada aos Campeões espanhóis.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário