José Peseiro superiorizou-se claramente a Ronald Koeman

11 de Setembro de 2005. Em jogo referente à 3ª jornada do Campeonato Nacional, o Sporting (com duas vitórias amealhadas) de José Peseiro recebeu o Benfica de Ronald Koeman. A equipa: Ricardo; Rogério, Tonel, Anderson Polga e Rodrigo Tello; Luís Loureiro; João Moutinho, Sá Pinto (Pinilla) e Douala (João Alves); Deivid (Wender) e Liedson.

O Sporting foi a melhor equipa desde o início. Enquanto o técnico leonino manteve a estrutura habitual, o benfiquista resolveu inovar, pelo que os leões se mostraram sempre mais consistentes e capazes de alcançar os seus objetivos.

Os pupilos de José Peseiro tiveram sempre mais posse de bola e criaram mais e melhores oportunidades de golo. Aos 25 minutos Polga cabeceou para Ricardo Rocha salvar sobre o risco. Aos 37 foi João Moutinho a rematar de forma poderosa (de fora da área) para Moreira corresponder com uma excelente defesa. No minuto seguinte, na sequência do respetivo canto, Tonel solicitou Luís Loureiro que arrancou um potente remate em queda fazendo um belíssimo golo (o seu único de verde e branco), o 1º da partida.

O Sporting voltou a entrar melhor no 2º tempo, com Tello (bela defesa de Moreira) e Liedson (Luisão salvou sobre a linha) quase a aumentarem a contagem. Sem que nada o fizesse prever, num livre-direto que tabelou na barreira sportinguista, Simão empatou o jogo aos 65 minutos…

O Sporting não se amedrontou, e pouco depois Nelson salvou sobre a linha um remate de Sá Pinto, para logo a seguir Moreira defender de novo superiormente um remate de Wender (a estrear-se, tal como João Alves, pelos leões). A um quarto de hora do fim, após um belo centro do chileno Tello, Liedson elevou-se da melhor forma e estabeleceu o 2-1 final perante grande festa em Alvalade.

Para Liedson, o herói do jogo: “Se o Benfica não tivesse tanta sorte tinha saído daqui com bem mais de 2 golos sofridos…” Na verdade assim foi.

Foto: Luís Loureiro (felicitado por João Moutinho) depois de inaugurar o marcador.

video

Post to Twitter

Deixe o seu comentário