Goleada aos austríacos do Swarovski Tirol (de Ivkovic)

15 de Setembro de 1987. Grande noite europeia em Alvalade na receção aos austríacos do Swarovski Tirol para os 1/16 avos de final da Taça das Taças.

40.000 pessoas estiveram presentes no Estádio do Sporting nessa noite proporcionando uma receita de cerca de 20.000 contos. Keith Burkinshaw parecia apostado em promover jovens em catadupa à equipa principal do Sporting. Jogaram: Rui Correia; João Luís, Duílio, Venâncio (cap) e Vítor Santos (Mário Jorge); Oceano; Cadete (Marlon), Mário e Silvinho; Tony Sealy e Paulinho Cascavel.

O Sporting entrou na partida de forma fulgurante inaugurando o marcador logo aos 7 minutos por Tony Sealy (um reforço vindo do Leicester) de cabeça, ao concluir uma magnífica jogada de combinação entre Mário e Silvinho pelo flanco esquerdo. Aos 23 minutos Paulinho Cascavel foi derrubado na área por Wazinger, e seria ele mesmo a apontar a respetiva grande penalidade, aumentando a contagem. A 4 minutos do intervalo o Sporting faria o 3-0 por Tony Sealy após um excelente passe em desmarcação de Silvinho (em noite inspiradíssima).

A 2ª parte foi mais tranquila, com o Sporting a gerir o tempo e o resultado. Ainda assim, a 8 minutos do fim, Paulinho Cascavel fez o 4-0 após ganhar na luta física com o guardião Ivkovic (que alguns anos mais tarde jogaria no Sporting), concluindo depois com toda a calma.

Ao cabo dos 90 minutos os leões conseguiram um magnífico 4-0. Individualmente, Oceano fez uma fantástica ocupação de espaços (abrangendo todo o meio-campo). Silvinho e Tony Sealy foram as grandes figuras da equipa pela exuberância de algumas das suas intervenções.

O treinador Keith Burkinshaw era dos elementos menos efusivos no final da contenda: “Claro que estou satisfeito, mas queria mais golos. Tivemos oportunidades para ganhar por uma diferença maior e por isso não estou totalmente feliz. A equipa teve um bom espírito, mas temos de ter muita atenção na Austria porque lá eles jogam de maneira diferente. Nada está ganho…” Os próprios austríacos, pelas palavras dos seus jogadores, reconheceram que o resultado final poderia ter sido de 7 ou 8 (!) enquanto o treinador Ernst Happel afirmava:  “Também gostaria de ter 6 brasileiros”.

Acrescente-se que este foi o jogo 114 e a vitória 49 do Sporting nas competições europeias de Futebol.

Foto: Paulinho Cascavel a fazer o 4º golo.

video

Post to Twitter

Deixe o seu comentário