Manuel de Oliveira

Manuel Figueiredo de Oliveira nasceu a 20 de Outubro de 1940 em Mangualde, ingressando no Sporting 19 anos depois, em Outubro de 1959. Curiosamente, chegou a Alvalade para praticar Ciclismo, mas como não levou bicicleta tentou o Atletismo – em boa hora o fez!

Acumulou vitórias importantes ao serviço dos leões (sob a orientação técnica de Moniz Pereira), tornando-se numa verdadeira legenda do Atletismo leonino. Entre 1962 e 1968 foi por 5 vezes Campeão Nacional de Crosse. Na pista brilhou a grande altura, alcançando 4 títulos nacionais de 1.500 metros, 1 de 3.000 metros obstáculos e 5 de 5.000 metros, para além de ter contribuído com vitórias para diversos títulos coletivos e de ter alcançado inúmeros recordes nacionais.

Nas olimpíadas de Tóquio em 1964, nos 3.000 metros-obstáculos, chegou à final, onde obteve o 4º lugar com a marca de 8m36,2s (melhor marca europeia do ano). Nunca estivera nem nunca voltou a estar tão perto duma medalha olímpica. Aliás, já 2 anos antes fizera um bom Campeonato da Europa em Belgrado, ao conseguir o 5º lugar nos 5.000 metros. Ainda a nível internacional será de destacar a vitória obtida em Madrid, em 1962, nos 1.500 metros da Taça da Europa, competição na qual ainda obteve o 2º lugar nos 3.000 obstáculos e 5.000 metros.

Como recordes pessoais obteve os tempos de 1m56,4s nos 800 metros em 1966; 2m26,1s nos 1.000 metros em 1961; 3m48,8s nos 1.500 em 1962; 5m14,6s nos 2.000 metros em 1964; 8m02,2s nos 3.000 metros em 1966; 8m36,2s nos 3.000 metros obstáculos em 1964; 13m50,8s nos 5.000 metros em 1968 e 30m03,6s nos 10.000 metros no mesmo ano.

Representou Portugal por 22 vezes em provas internacionais em 36 disciplinas.

Em 1964 ganhou o Prémio Stromp na categoria “Atleta Amador”. Morreu a 19 de Outubro de 2017.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário