O derby da “bomba” de Balakov na 1ª jogada

17 de Outubro de 1992. Sob o comando do novo treinador Bobby Robson, a época não estava a começar bem, os pontos perdidos já eram muitos, e vencer o Benfica em Alvalade era absolutamente imperioso na partida referente à 8ª jornada do Campeonato Nacional. A equipa: Ivkovic; Marinho, Peixe, Pedro Barny e Leal; Valckx; Figo (Capucho), Balakov e Filipe; Yordanov e Cadete (cap) (Amaral).

O Benfica de Tomislav Ivic apresentou-se muito cauteloso em jogo, fazendo uso de 3 centrais para se opôr à esperada atitude ofensiva leonina. Também o Sporting entrou na partida com uma inovação tática, pois, pela 1ª vez, o holandês Stan Valckx foi utilizado como trinco, colocando-se Emílio Peixe a líbero. Toda a estratégia encarnada ruiu quando o Sporting fez o 1º golo nos primeiros segundos num tiraço de Balakov, de muito longe e de pé direito, colocadíssimo, sem hipóteses para Silvino.

Até ao intervalo os benfiquistas ainda tentaram reagir, mas foram ainda assim os leões a jogar mais e melhor.

Nos primeiros minutos do 2º tempo Yordanov fez o 2-0 num excelente vôo de cabeça. Até final os encarnados procuraram mudar as coisas, mas nunca encontraram facilidades perante uma defesa sportinguista muito bem escalonada e com Ivkovic a dar grande confiança.

Numa partida em que Filipe e Vítor Paneira foram expulsos, na sequência duma única agressão (a do benfiquista), o Sporting acabou por conseguir uma preciosa vitória, que poderia dar grande moral à equipa para o futuro do Campeonato.

Balakov e Figo estavam muito satisfeitos no final da partida. Segundo o búlgaro: “Entrei bem no jogo, mas fico mais feliz com a vitória do meu clube do que com os prémios individuais (fôra-lhe entregue um prémio por ter sido o jogador considerado mais vezes o melhor em campo na época anterior)”. O jovem Figo, credor de mais uma bela exibição, afirmou: “Foi uma vitória justa pois fomos os melhores em campo. Tivemos a felicidade de obter o 1º golo muito cedo e isso trouxe-nos tranquilidade e moral. O Filipe foi expulso injustamente (por Carlos Valente), pois foi agredido e nem sequer respondeu…”.

Bobby Robson estava muito feliz: “Foi um belo jogo, com muita emoção e no qual trabalhámos muito para conseguir o único resultado que nos interessava. Felizmente começámos muito bem com aquele excelente golo do Balakov. A vitória surgiu no momento ideal pois vai moralizar-nos. O Balakov jogou muito bem, o golo dele foi muito importante. Peixe esteve magnífico como central e Valckx como trinco. Ivkovic fez a sua melhor exibição da época”.

Foto: A festa após o golo madrugador de Balakov, reconhecendo-se Paulinho a felicitar Valckx, e Figo (de costas).

video

Post to Twitter

Deixe o seu comentário