O brilho de “El Crá”, estreia de André Martins e um recorde nas CE

20 de Outubro de 2011. No seu jogo 263 para as competições europeias de Futebol, o Sporting recebeu os romenos do Vaslui em partida da 3ª jornada da fase de grupos da Liga Europa. Um triunfo catapultava os leões para um patamar muito confortável em relação ao apuramento para a próxima fase da competição. A equipa escolhida por Domingos Paciência: Rui Patrício; João Pereira, Anderson Polga, Daniel Carriço e Evaldo; Rinaudo, Matias Fernández e Schaars; Pereirinha (André Carillo 61), Van Wolfswinkel (Bojinov 73) e Diego Capel (André Martins 78).

A história do jogo é fácil de contar – Sporting ao ataque do 1º ao último minuto perante uma equipa romena inofensiva que fez apenas 1 remate em todo o jogo e sem o mínimo perigo. A intenção leonina ficou patente ainda dentro do 1º minuto com um remate perigoso de Matias. Os leões jogaram com rapidez, intensidade e o foco na baliza contrária.

Apesar de tudo a inspiração não foi propriamente abundante (com exceção de Matias e Capel). Por isso não houve muitas oportunidades de golo. Aos 38 minutos Wesley (o melhor jogador dos romenos) foi expulso por cabecear João Pereira após um lance discutível com o defesa sportinguista na área verde e branca. Perto do descanso, após grande jogada de Matias, Evaldo estava no sítio certo e empurrou a bola para a baliza deserta.

Na 2ª parte, contra 10, o Sporting criou mais oportunidades e teve um enorme volume de jogo. A0s 70 minutos surgiu o grande lance deste 2º período com uma arrancada tremenda de Diego Capel que veio em diagonal da esquerda para direita, solicitou Carillo (que fez um túnel a um adversário) e a bola sobrou para Matias que, de trivela (com grande classe) bateu o guardião contrário. A 7 minutos do fim Schaars estourou ao poste, naquela que foi a melhor de várias oportunidades não concretizadas pelos leões.

Individualmente, Matias fez uma partida fantástica com pormenores magníficos, uma assistência e 1 golo. João Pereira e Diego Capel também estiveram em muito bom plano numa equipa, toda ela, em níveis bem positivos. De sublinhar ainda a estreia oficial de André Martins, que entrou perto do fim mas ainda a tempo de mostrar qualidade.

Com este resultado (2-0) e o empate no Zurique-Lazio os leões ficaram apurados para os 1/16 final da Liga Europa, tornando-se a 1ª equipa na História das Competições Europeias (fases de grupos)  a ficar matematicamente apurada logo à 3ª jornada.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário