Alfredo Pinheiro

Alfredo Sérgio Amado de Azevedo Pinheiro nasceu a 27 de Dezembro de 1946 na Graça, em Lisboa. Começou no Sporting em 1962, tendo feito parte da magnífica equipa de Andebol do clube que conquistou o penta-Campeonato nacional entre 1969 e 1973 (antes já fizeram parte da equipa campeã em 1966 e 1967). Para além disso também esteve na conquista das 3 primeiras Taças de Portugal (1972, 1973 e 1975). Venceu ainda 5 Campeonatos Regionais.

Foi também parte integrante da equipa de Andebol de Onze campeã nacional em 1965 e 1966 e duas vezes campeã regional. No último ano como jogador exerceu também as funções de treinador da equipa feminina de juniores.

Depois de abandonar a prática da modalidade esteve como treinador nas camadas jovens leoninas, passando depois para a equipa principal onde foi campeão em 1978 (era adjunto, mas substituiu o treinador principal Matos Moura – vítima dum AVC, na fase final).

Mais tarde treinou o Encarnação onde conseguiu um 3º lugar no Campeonato e chegou a uma final da Taça de Portugal – derrotado pelo Sporting. Depois orientou também o Clube TAP (que conseguiu promover à 2ª divisão).

Anos mais tarde regressou ao Sporting ocupando diferentes cargos na estrutura do Andebol leonino. Como curiosidade refira-se que o seu irmão – Ramiro Pinheiro, foi também uma grande figura do Andebol sportinguista.

Foi galardoado com o prémio Stromp na categoria “saudade” em 2015 (referente a 2014).

Post to Twitter

Deixe o seu comentário