Phil Babb – O “xerife” da defesa no título de 2002

Philip Andrew Babb nasceu a 30 de Novembro de 1970 em Lambeth – Inglaterra mas tem nacionalidade irlandesa. Começou por jogar no Millwal, passando depois por Bradford e Coventry (ao serviço do qual foi ao Mundial de 1994 em representação da República da Irlanda) até chegar ao Liverpool onde atingiu o pico da carreira em Inglaterra.

Na temporada 1999/00 foi emprestado (com surpresa – após 5 bons anos no Liverpool) ao Tranmere Rovers e daí ao Sporting foi um pequeno passo. Chegou a Alvalade no início da temporada 2000/01 (numa altura em que já era um jogador de “nome feito”) para fazer concorrência  a Beto e André Cruz no centro da defesa.

Estreou-se oficialmente (com o treinador Augusto Inácio) a 3 de Novembro de 2000 num triunfo em Alvalade frente à União de Leiria por 4-0 para o Campeonato Nacional. Marcou o 1º golo a 30 de Dezembro numa vitória por 4-1 sobre o Leixões para a Taça de Portugal. A sua sobriedade e segurança logo deram nas vistas mas, ainda assim, não conseguiu ser regularmente titular, pois a dupla do ano anterior – Beto e André Cruz (da equipa que tinha chegado ao título) permaneceu intocável.

Para 2001/02 chegou Laszlo Bölöni ao comando técnico da equipa. O técnico romeno achava a fiabilidade de Babb imprescindível, e por isso fez derivar Beto (ou Quiroga) para a direita da defesa, colocando o irlandês a fazer dupla com André Cruz. Phil Babb fez 39 jogos, assumindo-se como o “xerife” da defesa leonina.

A 27 de Abril de 2002 alinhou pela última vez de “leão ao peito” num empate em Setúbal (2-2) na penúltima jornada do Campeonato – no dia seguinte os leões sagrar-se-iam campeões devido à derrota do Boavista na Luz. No final da época não chegou a acordo para renovar contrato e regressou a Inglaterra.

Esteve um total de duas épocas no Sporting, tendo realizado 58 jogos oficiais e marcado 2 golos. Deixou em Alvalade uma imagem muito positiva, dum defesa que quase nunca comprometia, forte no jogo aéreo e na marcação. Ganhou 1 Campeonato Nacional, uma Taça de Portugal e uma Supertaça.

Depois ainda jogou duas épocas no Sunderland, onde terminou a carreira em 2004. Foi 35 vezes internacional A pela República da Irlanda.

Atualmente é comentador televisivo de futebol em Inglaterra.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário