Posts Tagged taça dos campeões europeus

Nos quartos-de-final da Taça dos Campeões Europeus de Futebol

Nos quartos-de-final da Taça dos Campeões Europeus de Futebol

2 de Março de 1983. Pela 1ª vez (e única até hoje) o Sporting esteve nos quartos-de-final da Taça dos Campeões Europeus. Na 1ª mão (92º jogo

Curiosidades

sem comentários

1991 – Gémeos Castro magníficos num dificílimo título europeu de Crosse

1991 – Gémeos Castro magníficos num dificílimo título europeu de Crosse

10 de Fevereiro de 1991. O Sporting venceu pela 11ª vez a Taça dos Campeões Europeus de Crosse, 3ª consecutiva,  em Margnane (a 40km de Marselha)

Glória

sem comentários

1993 – CE de Crosse pela 13ª vez no 1º título do novo técnico Bernardo Manuel

1993 – CE de Crosse pela 13ª vez no 1º título do novo técnico Bernardo Manuel

7 de Fevereiro de 1993. Na 30ª edição da Taça dos Campeões Europeus de Crosse, o Sporting venceu pela 13ª vez, naquela que terá sido uma das vi

Glória

sem comentários

1994 – O 14º (e mais recente) título europeu de Crosse

1994 – O 14º (e mais recente) título europeu de Crosse

6 de Fevereiro de 1994. Com a conquista do seu 14º título coletivo (o último até à data) e 5º individual de Domingos Castro, em Amorebieta, o Sp

Glória

sem comentários

1977 – Corta-mato ganhou a 1ª TCE para o palmarés do Sporting

1977 – Corta-mato ganhou a 1ª TCE para o palmarés do Sporting

6 de Fevereiro de 1977. Esta foi a 2ª competição europeia ganha pelo Sporting (depois da Taça das Taças de Futebol em 1964), mas a 1ª entre camp

Glória

sem comentários

1989 – Mamede ressurgiu, Domingos brilhou e novo título europeu de Crosse

1989 – Mamede ressurgiu, Domingos brilhou e novo título europeu de Crosse

5 de Fevereiro de 1989. Foi magnífico o regresso do Sporting às vitórias na Taça dos Campeões Europeus de Crosse. A prova disputou-se nas Açotei

Glória

sem comentários

1984 – Mais um título europeu, com Mamede e Lopes a superarem-se pelo coletivo

1984 – Mais um título europeu, com Mamede e Lopes a superarem-se pelo coletivo

5 de Fevereiro de 1984. Pela 6ª vez em 7 participações (!), o Sporting sagrou-se Campeão Europeu de Crosse. Fernando Mamede (2º), Carlos Lopes (3

Glória

sem comentários

1990 – Dionísio perdeu os complexos no 10º título europeu de Crosse

1990 – Dionísio perdeu os complexos no 10º título europeu de Crosse

4 de Fevereiro de 1990. O palmarés impressionante do Sporting enriqueceu-se com mais um magnífico troféu. Foi o 10º título em 13 participações

Glória

sem comentários

1979 – Equipa homogénea bisou na TCE de Crosse

1979 – Equipa homogénea bisou na TCE de Crosse

4 de Fevereiro de 1979. O Sporting obteve a sua 2ª vitória consecutiva na Taça dos Campeões Europeus de Crosse (depois de 1977, agora 1979, pois a

Glória

sem comentários

1992 – Domingos Castro liderou a equipa ao 12º título europeu de Crosse

1992 – Domingos Castro liderou a equipa ao 12º título europeu de Crosse

3 de Fevereiro de 1992. O Sporting obteve a sua 12ª vitória em 15 anos na Taça dos Campeões Europeus de Crosse, numa prova onde estiveram 22 equip

Glória

sem comentários

1985 – O “eterno” Lopes no 7º título Europeu de Crosse

1985 – O “eterno” Lopes no 7º título Europeu de Crosse

3 de Fevereiro de 1985. O Sporting conquistou mais um título europeu, com grande brilhantismo. Carlos Lopes, Ezequiel Canário e Fernando Mamede fora

Glória

sem comentários

1986 – 8º título europeu no Crosse com manos Castro a revelarem-se

1986 – 8º título europeu no Crosse com manos Castro a revelarem-se

2 de Fevereiro de 1986. Mesmo sem Carlos Lopes, o Sporting arrecadou o seu 8º título europeu de Crosse. A ausência do veterano campeoníssimo pare

Glória

sem comentários

1981 – Campeões Europeus de Crosse pela 3ª vez

1981 – Campeões Europeus de Crosse pela 3ª vez

31 de Janeiro de 1981. O Sporting alcançou o seu 3º triunfo na Taça dos Campeões Europeus de Crosse. A competição decorreu no hipódromo delle

Glória

sem comentários

1983 – Festival leonino no 5º triunfo na TCE de Crosse

1983 – Festival leonino no 5º triunfo na TCE de Crosse

30 de Janeiro de 1983. Na Taça dos Campeões Europeus de Corta-Mato, em Lyon, o Sporting colocou os seus 4 atletas que contavam para a classificaçã

Glória

sem comentários