Os “10 mandamentos do Sporting” por Salazar Carreira

7 de Janeiro de 1924. Formulados por Salazar Carreira, um figura proeminente no clube, foram publicados no boletim leonino, e pelo seu grau de curiosidade merecem ser recordados. Antes de os referir Salazar Carreira afirmava: “Se achardes que tenho razão, pendurai-os à cabeceira da cama e lêde-os todas as noites antes de adormecer”.

Ei-los:

1 – Ostenta sempre na lapela o emblema do Sporting como afirmação concreta das tuas aspirações desportivas.

2 – Presta ao teu clube todo o auxílio desportivo, sejam quais forem os teu méritos.

3 – Quando envergares a camisola verde-branca lembra-te da honra que a colectividade te confere e transcende-te para mereceres a distinção.

4 – Nunca digas mal daquilo que não consegues fazer melhor. Perdes o direito de criticar se não puderes realizar o que amesquinhas,

5 – Lembra-te que os directores são sete e os problemas a resolver mais de mil. Exige-lhes o cumprimento do dever, mas apoia no que puderes.

6 – Nunca censures em público os actos de quem representa o teu clube. Roupa suja lava-se em família…

7 – Cada novo sócio que proponhas é mais um elo que acrescentas à corrente do Sporting e menos um inimigo.

8 – Quando o Sporting disputa a vitória em campo, nunca fiques calado. Incita os teus, fazendo-lhes sentir o apoio moral da tua presença.

9 – Mesmo nos momentos maus não percas nunca a fé nos destinos do clube. O Sporting não pode regredir porque por ele pulsam muitos milhares de corações.

10 – Quando o Sporting vence proclamas sorridente e feliz: Ganhámos!

Pelo teu procedimento, justifica a palavra.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário