Orlando Duarte

Orlando Francisco Alves Duarte nasceu a 5 de Abril de 1957 em Lisboa, e é uma das maiores figuras da História do Futsal em Portugal. A sua carreira de treinador iniciou-se em 1987/88 no Atlético CP onde esteve até 1991/92. Seguiram-se 9 temporadas no Sporting onde foi Campeão Nacional por 5 vezes (de 1993 a 1995 consecutivamente e depois em 1999 e 2001 – ano da despedida), sendo o principal responsável por tornar o clube hegemónico na modalidade. Depois, na Seleção nacional, ficou ligado aos maiores feitos da equipa das quinas, a qual colocou no primeiro plano europeu e mundial. Foi 3º no Campeonato do Mundo em 2000 (na Guatemala) e 2º no Campeonato da Europa (na Hungria) em 2010. Pelo meio levou a equipa a mais 3 Europeus e 2 Mundiais. Já depois de abandonar a Seleção recebeu o prémio “Fernando Vaz” da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), pelo bom trabalho realizado à frente da turma das quinas. Afirmou na altura: “Há reconhecimentos e reconhecimentos e este é ótimo porque vem dos meus colegas treinadores. Entendo que é um prémio que vem da competência, da qualidade do trabalho, atribuído por pessoas que sabem aquilo que é feito e isso deixa-me muito satisfeito” Regressou ao comando do Futsal do Sporting para a temporada 2010/11. Logo no início da época ganhou a Supertaça. No período final, das decisões, chegou à final da UEFA Futsal Cup, venceu a Taça de Portugal frente ao Benfica e conquistou o Campeonato perante o mesmo adversário (com 3 vitórias em 3 jogos da final do play-off). Ainda antes do final da época de 2012...

2019 – 7ª Taça de Portugal para o nosso Futsal, no desempate por penaltis, frente ao Benfica

31 de Março de 2019. Pavilhão Multiusos de Gondomar. Final da Taça de Portugal de Futsal, decisão a que o Sporting chegou depois de bater nesta final a 8 as equipas do Belenenses por 2-1 e do Burinhosa por 3-2. No jogo decisivo os leões voltaram a ser melhores e levantaram o troféu depois de derrotarem o SL Benfica no desempate por pontapés de penálti (3-2). O jogo terminou 5-5 no final do prolongamento. A entrada da nossa equipa no encontro não foi a mais feliz, com o Benfica a aproveitar uma perda de bola para inaugurar o marcador por intermédio de Tolrà logo aos 2 minutos. Os tricampeões nacionais tentaram reagir e Cavinato, aos 8 minutos, obrigou Roncaglio a aplicar-se. Contudo, foi o Benfica a marcar novamente, desta feita graças ao remate de Robinho. Com 0-2 no marcador o Sporting CP viu-se obrigado a arregaçar as mangas e ir à procura de outro resultado. Aos 11 minutos, Dieguinho recebeu de Pany Varela, virou-se com um toque e reduziu para 1-2. Logo a seguir, Alex Merlim acertou em cheio no poste, demonstrando que o início menos feliz no desafio não foi exemplo do que se viria a passar na restante partida. Ainda assim, o Benfica reestabeleceu a diferença de dois golos a cerca de 4 minutos do intervalo, com Fernandinho a ter a sorte de estar no sítio certo à hora certa e a só ter de encostar depois de Guitta fazer a primeira defesa. Mas foi o conjunto de Alvalade a estar por cima nos últimos instantes do 1º tempo, tendo Cardinal feito o 2-3 no penúltimo minuto...

2021 – 3ª Taça da Liga em Futsal, com goleada ao Benfica!

28 de Março de 2021. A equipa de Futsal do Sporting CP conquistou neste domingo a Taça da Liga da modalidade. Na final da prova, no Pavilhão Multiusos de Sines, os leões de Nuno Dias golearam o Benfica por 6-2 (após os triunfos nos quartos-de-final e meias-finais sobre o Portimonense e Fundão – ambos por 4-2). Foi a 3ª vez conquistámos esta competição, depois das vitórias de 2015/2016 e 2016/2017. O Sporting CP entrou em campo com Guitta, Erick Mendonça, Alex Merlim, Pany Varela e João Matos, sendo que o Benfica tentou surpreender com a utilização do guarda-redes avançado logo no 1º minuto, mas sem sucesso. O jogo teve alta intensidade desde o apito inicial, com muito contacto físico e lances disputados no limite. Os encarnados tentaram o golo logo nos minutos inaugurais, mas Guitta respondeu sempre com qualidade entre os postes. Começou a crescer o Sporting CP e isso viu-se na oportunidade de Diego Cavinato para defesa do guarda-redes encarnado. Aos 7 minutos os leões inauguraram o marcador por intermédio de Alex Merlim. O “mago” fez o seu movimento habitual da esquerda para o centro e rematou forte para o 1-0, beneficiando também do trabalho sem bola de Erick Mendonça. Foi o primeiro de muitos momentos de magia em Sines. O duelo continuou equilibrado e Guitta, pouco depois, foi o autor de uma excelente intervenção a negar o empate. Do outro lado, Diego Cavinato podia ter marcado após assistência de Zicky, mas o guardião das águias também defendeu. A cerca de 6 minutos do intervalo o Benfica voltou a colocar o 5×4 e chegou a enviar uma bola...

2002 – Na 1ª UEFA Futsal Cup

3 de Março de 2002. No Futsal, com o novo treinador (o brasileiro Beto Aranha que substituira Orlando Duarte) os leões estiveram entre a nata do Futsal europeu ao participarem na 1ª UEFA Futsal Cup, disputada no Pavilhão Atlântico, em Lisboa. A prova foi disputada por 2 grupos de 4 equipas numa 1ª fase, tendo o Sporting batido o Kaskada Gracanica por 3-1 (Bibi2 e Gonçalo Alves) e empatado com o Split 1700 a zero e com a AS Roma 5-5 (Zezito2, João Marçal, Miguel Fernandes e Bibi). Na meia-final os leões baquearam por 4-0 frente ao Playas de Castellón (que viria a ser o campeão europeu), de Espanha. A presença leonina foi muito elogiada. Beto Aranha referiu estar “orgulhoso da equipa perante adversários altamente profissionalizados. Prestigiámos o nome do clube e do Futsal...

José Eduardo

José Eduardo Malheiro Sampaio nasceu a 3 de Março de 1955 em Seixas do Minho – Caminha. Com 14 anos já fazia Atletismo no Sporting, mas foi no Domingos Sávio que começou a jogar futebol, passando depois por Atlético CP, Portimonense e Famalicão, antes de alinhar de verde e branco. A sua chegada a Alvalade (no Verão de 1979) criou algum “frisson”, pois, na temporada anterior, num choque entre si e Jordão, o magnífico atacante sportinguista contraíra uma gravíssima lesão. Estreou-se oficialmente, pela mão do técnico Rodrigues Dias, a 9 de Setembro de 1979 num Marítimo-Sporting (0-3). Nessa 1ª temporada não começou por jogar muito assiduamente, fazendo-o mais a partir da saída do outro lateral-direito, Artur, para os EUA (já com o treinador Fernando Mendes). No final da época sagrou-se campeão (alinhou em 14 jogos). Sem nunca ser um titular indiscutível sempre constituiu uma boa alternativa, ajudando a conquistar em 1982 a “dobradinha” (aí com Allison). 1982/83 foi a sua última temporada em Alvalade onde ganhou mais uma Supertaça. Jogou pela última vez em Braga (derrota por 3-0) a 20 de Março de 1983. Totalizou 4 épocas e 50 jogos (sem golos marcados) pela equipa principal do Sporting, pela qual ganhou 2 Campeonatos Nacionais, uma Taça de Portugal e outra Supertaça. Após a sua saída do clube representou o Penafiel, onde viria a terminar a carreira de futebolista. Mais tarde foi um dos pioneiros do Futsal no nosso país, do qual foi selecionador, tendo conquistado um Campeonato Europeu e o 4º lugar no Campeonato do Mundo. Em 1991, como treinador do Sporting, venceu a Taça Nacional de Futebol de...

2022 – Ganhámos a Taça da Liga de Futsal pela 4ª vez!

27 de Fevereiro de 2022. Pavilhão Desportivo Municipal de Loulé. A nossa MARAVILHOSA equipa de Futsal não se cansava de ganhar. Tal como na época passada voltámos a encontrar o Benfica na final da Taça da Liga, e novamente foram os leões a levantar o troféu, vencendo o eterno rival por 5-2. Ultrapassados o Quinta dos Lombos (7-3) e o Eléctrico (7-1), o Sporting CP, perante lotação esgotada, fez o 3º jogo em 3 dias. Foi intenso, como sempre perante o grande rival. Depois de algumas paragens – numa delas Erick sairia, em definitivo, lesionado -, surgiram as primeiras oportunidades: Arthur, de calcanhar, atirou ao poste da baliza de Guitta e Merlim respondeu com um remate à figura de André Sousa. À passagem do 6º minuto, Rocha atingiu o rosto de Cavinato, que ficaria a sangrar, e o pivô das águias seria expulso com vermelho direto. Os leões aproveitaram de melhor forma a superioridade numérica: em zona frontal, Merlim tirou o adversário da frente e chutou rasteiro para o 1-0. Pouco depois, só o guardião André Sousa evitou o segundo a remate de Pauleta. A seguir foi a vez de Guitta brilhar, levando a melhor sobre Jacaré com uma ‘mancha’ antes de travar mais duas tentativas encarnadas. O jogo aquecia a cada lance – sempre impetuosos e por vezes demasiado agressivos – levando a equipa de arbitragem a mostrar os primeiros cartões amarelos: para Chishkala e Robinho no SL Benfica e Cardinal no Sporting CP. A cerca de 3 minutos do intervalo, ambos os emblemas atingiram as 5 faltas. Apesar do ascendente encarnado, que procurava reagir à desvantagem, o...

2017 – 2ª vitória em duas edições da Taça da Liga de Futsal!

26 de Fevereiro de 2017. A Taça da Liga fez este ano pela 2ª vez parte do calendário do Futsal português. A competição realizou-se no Pavilhão Multiusos de Gondomar e reuniu as 8 melhores equipas portuguesas. A 23 de fevereiro, no 1º jogo (quartos-de-final) o Sporting venceu claramente o Braga por 6-1 fazendo uma exibição fantástica. Os golos – bis de Diogo, Merlim, Cavinato, Dieguinho e Anilton. 2 dias depois veio o jogo da meia-final frente ao Modicus. E aí o Sporting voltou a estar em bom plano, triunfando por 5-2. Marcaram Cavinato, Varela, João Matos, Leo e o guarda-redes André Sousa (aniversariante neste dia). A 26 de Fevereiro veio a final numa reedição do ano anterior naquela que foi a 1ª edição da Taça da Liga. O Sporting conquistou esta competição para 2ª vez em 2 anos ao derrotar o Fundão por 4-0. Num Pavilhão Multiusos de Gondomar cheio, os adeptos Sportinguistas deram um grande apoio à equipa orientada por Nuno Dias. O 1º lance de relativo perigo aconteceu logo aos 2 minutos através de um lance de bola parada, com o capitão de equipa João Matos a cabecear no coração da área para uma enorme intervenção de Iago. O Fundão reagiu num ataque rápido, em que conseguiu ter vantagem numérica, com Waltinho a aparecer sozinho no lado esquerdo, mas Marcão evitou o golo com uma enorme defesa. O Sporting CP respondeu e no espaço de 2 minutos criou duas grandes oportunidades. Primeiro Cavinato e depois Caio Japa viram as suas intenções travadas pelo brilhantismo do guarda-redes Iago. Numa partida que estava muito equilibrada, foram mais uma vez...

Pany Varela – Uma “estrela” do Futsal mundial

Anilton César Varela da Silva “Pany Varela” nasceu a 25 de Fevereiro de 1989 no Tarrafal – Cabo Verde. O Sporting foi buscá-lo ao Fundão (já passara antes por Forte da Casa, Benfica, Belenenses e Olivais) no Verão de 2016. Em 6 temporadas de leão ao peito tornou-se uma das principais estrelas do Futsal mundial. Jogando quase sempre como ala, soma 248 jogos oficiais e 93 golos. Já ganhou 2 Ligas dos Campeões, 4 Campeonatos Nacionais, 4 Taças de Portugal, 3 Taças de Liga e 5 Supertaças. Com dupla nacionalidade (caboverdiana e portuguesa) já jogou na nossa Seleção 75 vezes (22 golos) até Julho de 2022. Integrou a Seleção que venceu o Campeonato do Mundo de 2021 na Lituânia, tendo sido uma das referências da equipa,apontado os 2 golos da vitória de Portugal por 2-1 na final contra a Argentina e sendo ainda o 2º melhor marcador e o 2º melhor jogador da competição. Fez ainda parte da Seleção Nacional que ganhou o Campeonato da Europa em 2022, disputado nos Países Baixos, tendo jogado em todos os encontros, e apontando um dos golos com que Portugal venceu a Rússia por 4-2 na final. Em 2021 foi distinguido com o Prémio Stromp na categoria...

2024 – Futsal – Sporting-4 Benfica-2 – Ganhámos pela 5ª vez a Taça da Liga

21 de Janeiro de 2024. Na senda do seu brilhante historial, sem paralelo, a equipa de Futsal do Sporting conquistou mais um troféu, desta vez a Taça da Liga (e pela 5ª vez), após vencer por 4-2 o Benfica na final, que se realizou na Póvoa de Varzim. O 1-0 chegou muito cedo, ainda o 1º minuto. Após canto de Alex Merlim, Taynan atirou de primeira para o fundo das redes (festejou à Gyokeres!). Se já se previa uma partida intensa (como sempre são os derbis), mais intenso ficou. Depois de oportunidades para os dois lados, o Sporting chegou ao 2-0 ainda antes dos 10 minutos. Após uma grande intervenção de Henrique Rafagnin, em contra-ataque, Pany Varela rematou para defesa de Leo Gugiel, com Anton Sokolov a recargar para o fundo das redes. Mais uma fase de lances de perigo nas duas balizas até ao 2-1, aos 18 minutos. Henrique Rafagnin tentou tirar a bola a Arthur, mas esta sobrou para Chishkala, que rematou para a baliza deserta. Logo a seguir veio o 3-1 – num livre estudado, Alex Merlim assistiu Taynan, que atirou forte e colocado ao ângulo inferior. Para a 2ª parte o Benfica veio mais pressionante. O golo esteve iminente nas duas balizas por várias vezes mas foi o Benfica a reduzir num lance de azar de João Matos, que desviou para a própria baliza um canto de Carlos Monteiro. O dérbi prosseguiu a “ferver” até ao final e podia ter ficado resolvido aos 39 minutos, mas Alex Merlim e Wesley França permitiram a defesa a Leo Gugiel numa grande ocasião. Depois, num contra-ataque benfiquista, Tayan...

2016 – Ganhámos a 1ª edição da Taça da Liga em Futsal!

10 de Janeiro de 2016. A FPF organizou pela 1ª vez a Taça da Liga de Futsal (competição disputada entre os 8 primeiros classificados da 1ª volta do Campeonato). A prova realizou-se em Oliveira de Azeméis no Pavilhão Dr. Salvador Machado. Nos quartos-de-final de final da competição, a 7 de Janeiro, o Sporting começou por derrotar o Burinhosa por 4-3. Talvez se esperasse mais facilidades, os leões até estiveram a vencer por 4-1 mas depois permitiram uma animosa reação ao adversário que “vendeu cara” a derrota. Os golos leoninos foram de Diogo (2), Fortino e Fábio Lima. 2 dias depois veio o jogo com das meias-finais com o Modicus (que havia eliminado o Braga nos penaltis). Aí já se esperava uma partida mais difícil mas a resposta leonina foi ainda mais afirmativa. Apesar de terem chegado ao intervalo a perder por 2-1, os sportinguistas estiveram em grande plano no 2º tempo e acabaram por triunfar por 5-2 com golos de Fortino (2), Caio Japa, Cavinato e João Matos. A 10 de Janeiro, domingo, veio a final perante o Fundão – a equipa que eliminara o Benfica e o SL Olivais e se apresentava em grande forma – e mais de 2.000 pessoas. O Sporting alinhou inicialmente com Marcão, Pedro Cary, Cavinato, Fábio Lima e Caio Japa. João Benedito, Djô, Fortino, Merlin e Diogo também estiveram presentes nesta excelente conquista! O jogo foi muito competitivo e disputado. Fazendo uma partida muito rigorosa taticamente e tirando partido da mais-valia coletiva e individual, os sportinguistas (orientados por Nuno Dias) conquistaram o troféu ao vencerem por 2-0 com bis do italiano Cavinato aos...
Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.