Carla Sacramento – 2 anos de verde, recheados de triunfos

Carla Cristina Paquete Sacramento nasceu a 10 de Dezembro de 1971 em Lisboa. A sua família é oriunda de São Tomé e Príncipe. Construiu uma carreira recheada de êxitos atingindo o estatuto de melhor atleta portuguesa de sempre no meio-fundo curto (800 e 1.500 metros). Depois de passar por Paivas, Fogueteiro e Benfica, chegou ao Sporting no Outono de 1991.

Em Alvalade começou logo a ganhar. No Grande Prémio do Natal venceu a prova feminina e 1 mês depois, com um 2º lugar, contribuiu decisivamente para que o Sporting, após 12 anos de jejum, conquistasse o título regional de Crosse.

Em Fevereiro de 1992 foi Campeã Nacional em pista coberta dos 800 e 1.500 metros e uma semana depois classificou-se em 4º lugar nos 800 metros dos Campeonatos da Europa de pista coberta disputados em Génova, perdendo a medalha de bronze por muito pouco – fez 2m02,90s. Um mês mais tarde bateu o recorde nacional dos 1.000 metros com 2m41,29s. Em Junho, com Marina Amoroso, Marina Bastos e Susana Cabral, bateu o recorde ibérico dos 4×800 metros com 8m33,00s.

Na temporada seguinte, 1993, começou por triunfar no Regional de Crosse contribuindo para a vitória coletiva. Em Fevereiro foi campeã nacional de pista coberta nos 800 metros e no mês seguinte foi a atleta portuguesa mais em evidência no Mundial de pista coberta ao bater o recorde nacional dos 1.500 metros com 4m11,93s e classificar-se no 7º lugar.

Em Junho bateu o recorde nacional dos 800 metros com 1m59,82s no Meeting de Santo António em Alvalade. Nos Campeonatos de Portugal triunfou nos 800 metros, dias depois de ter batido outra vez o recorde nacional da mesma distância (em Nice) com 1m49,42s.

No final da temporada de 1993 rumou ao Maratona Clube de Portugal onde permaneceu até ao final da sua carreira – 2006. Foram apenas 2 anos de Sporting mas deixou uma marca indelével no processo de recuperação da hegemonia do Atletismo feminino por parte dos leões.

Como conquistas mais destacadas na carreira conseguiu ser campeã da Europa em Pista Coberta dos 1.500 metros em 1996 (Estocolmo) e campeã de mundo dos 1.500 metros em 1997 (Atenas).

Em Mundiais foi ainda 2ª nos 1.500 metros (pista coberta) em Barcelona (1995) e 3ª nos 1.500 metros em Gotemburgo (1995). Em Europeus foi também 2ª nos 1.500 metros (pista coberta) em Paris (1994), 2ª nos 1.500 metros em Budapeste (1998) e 2ª nos 3.000 metros (pista coberta) em Viena (2002). Obteve o 3º lugar nos 800 metros (pista coberta) em Paris (1994).

Post to Twitter

Deixe o seu comentário