Marco Aurélio – Classe, elegância e tranquilidade

Marco Aurélio Cunha dos Santos nasceu a 18 de Fevereiro de 1967 no Rio de Janeiro. Depois de alinhar no América e no Vasco da Gama foi recrutado pelo União da Madeira onde realizou 5 temporadas de muito bom nível. Chegou ao Sporting, por indicação de Carlos Queiroz, proveniente da equipa insular no Verão de 1994. Estreou-se oficialmente a 20 de Agosto, em Faro (2-0), para o Campeonato Nacional, tendo marcado o 1º golo a 26 de Novembro, em Leiria (3-0), para a mesma competição.

Defesa-central de classe e aparentando grande tranquilidade foi uma aposta imediata do técnico português, fazendo uma dupla de sucesso com Naybet no centro da defesa. Nessa 1ª época contribuiu para o triunfo na Taça de Portugal. Na temporada seguinte manteve a parelha com o marroquino numa equipa que conquistou a Supertaça, já com Octávio Machado ao leme.

Em 1996/97 os leões já não contaram com Naybet, e aí Marco Aurélio foi fundamental para que Beto se tornasse a grande revelação da temporada, jogando a seu lado e passando-lhe toda a sua experiência e maturidade. Na temporada 1997/98, verdadeiramente tumultuosa, e na qual o Sporting teve 4(!) treinadores, Marco Aurélio foi um dos poucos que passou incólume às muitas transformações, sendo mesmo, a par de Quim Berto, o futebolista com mais presenças (40).

A sua última temporada (até Dezembro) foi a de 1998/99, com Mirko Jozic. Escolhido para capitão de equipa atuava em grande nível quando lhe surgiu uma proposta tentadora de Itália, o que o levou a abandonar o clube. Jogou pela última vez de “leão ao peito” a 15 de Janeiro de 1999 frente ao Vitória de Setúbal (0-0).

Totalizou 5 épocas no Sporting com 172 presenças e 3 golos marcados. Ganhou uma Taça de Portugal e outra Supertaça.

Após sair de Alvalade fez toda a restante (e longa) carreira em Itália onde passou por diversos clubes (Vicenza e Palermo foram os principais) e escalões. Fez a última época num clube da Série C2 – o Spal, deixando de jogar aos 39 anos. Em 2010 reviu amigos em Portugal na festa de homenagem a Yordanov.

marco aurélio

Post to Twitter

Comments (1)

 

  1. PAULO CHAGAS says:

    Parabens marco aurelio por todas suas trajetorias no sporting ,e que DEUS abençoe em sua nova tarefa.

Deixe o seu comentário