Seminário – O “Expresso de Lima”

Juan Roberto Seminário Rodríguez nasceu a 22 de Julho de 1936 em Puira – Peru. Jogador do Clube Municipal de Lima, chegou aos 18 anos à Seleção Nacional peruana, e logo lhe passaram a chamar o “Expresso de Lima”, sobretudo porque era capaz de através de picos estonteantes ir buscar bolas que colocava, em rodopio, por detrás dos defesas.

Ficou famoso no Mundo inteiro por ter marcado os 2 golos dum muito badalado Brasil-Peru (2-2) e mais ainda pelos 3 tentos apontados na vitória da sua Seleção sobre a Inglaterra (4-1).

Chegou ao Sporting proveniente do FC Barcelona (por 700 contos) na parte inicial da temporada 1959/60. A sua aquisição não foi fácil, pois além de pertencer ao Barcelona, também tinha contrato com o Saragoça, pelo que a Federação Espanhola não permitiu a sua inscrição. Os catalães tiveram então de o “emprestar”. Sporting e FC Porto perfilaram-se e foram os leões a levar a melhor.

Veio ganhar 5 contos mensais e estreou-se oficialmente (com o treinador Fernando Vaz) a 25 de Outubro de 1959 numa derrota no terreno no Belenenses por 1-0 para a 6ª jornada do Campeonato Nacional. Marcou pela 1ª vez (numa partida em que apontou 3 golos) logo uma semana depois, num triunfo por 8-0 sobre o Vitória de Setúbal. Nesse 1ª temporada em Alvalade logo se afirmou na extrema-esquerda, fazendo um quinteto poderoso com Hugo, Faustino, Fernando e Diego. No entanto, os leões não conseguiram ganhar nada, ficando em 2º no Campeonato e sendo finalistas vencidos da Taça de Portugal…

Na época seguinte voltou a dar nas vistas, mas mais uma vez os leões não conseguiram melhor que o 2º lugar no Campeonato. No final saiu para o Saragoça, pelo que acabou, apesar da sua imensa categoria, por nada ganhar com o emblema do leão… A 28 de Maio de 1961 marcou o último golo, num Sporting-Atlético CP (3-0) para a última jornada do Campeonato. A derradeira partida realizou-a a 24 de Junho – Sporting-Porto (2-1) para a Taça de Portugal.

Fez um total de 49 jogos oficiais de verde e branco tendo apontado 20 golos. Apesar da sua curta estada em Lisboa deixou uma marca profunda entre os sportinguistas pelas suas qualidades (com rapidez e técnica impressionantes), que dele fizeram um futebolista de classe mundial.

Em Saragoça, e depois na Fiorentina, FC Barcelona e Sabadell brilhou a grande altura, terminando a carreira no seu país – Atlético Grau.

O seu irmão, Rudolfo Seminário, também chegou a jogar no Sporting uns anos mais tarde (1965/66), mas não tinha a categoria do seu antecessor.

Em 2004 voltou a Portugal e ao convívio dos sportinguistas, sendo homenageado com um prémio “Rugidos de Leão” na tradicional “Noite Verde da Batalha”. Na altura voltou a expressar o seu carinho pelo Sporting, ao mesmo tempo que “sentiu na pele” como todos os sportinguistas o recordam com saudade.

GOLOS de SEMINÁRIO no SPORTING
ÉPOCA CN TP TOTAL
1959/60 10 3 13
1960/61 7 0 7
Total 17 3 20

Post to Twitter

Deixe o seu comentário