Robert Waseige – Técnico experiente que não “vingou” em Alvalade

Nasceu a 26 de Agosto de 1939 em Rocourt – Bélgica. Como futebolista foi um defesa que representou o FC Liège, Racing White e Winterslag. Neste clube chegou a acumular a funções de jogador e treinador, carreira na qual começou em 1971 (e levou o clube da 3ª à 1ª divisão belga). Passou depois por Standard de Liège, Lokeren, FC Liège (onde conquistou uma Taça da Bélgica) e Charleroi.

Chegou ao Sporting (a sua 1ª experiência no estrangeiro) no Verão de 1996 proveniente do Standard Liège, onde regressara em 1994. A sua contratação causou alguma estranheza, pois Octávio Machado tinha terminado em bom plano a sua missão como técnico principal na temporada anterior – o “Palmelão” regressou ao posto de adjunto. Por outro lado Waseige (ao que consta uma escolha do diretor desportivo da altura – Norton de Matos) não era propriamente um técnico titulado, embora tenha feito bons trabalhos em clubes de 2º plano no seu país.

Estreou-se oficialmente na Maia (a 23 de Agosto), num Espinho-Sporting (1-3) para a 1ª jornada do Campeonato. Os seus primeiros tempos até foram razoáveis (esteve 7 jogos sem perder e eliminou o Montpellier da Taça UEFA), mas uma derrota em Alvalade frente ao FC Porto, a eliminação na Europa perante o Metz e as derrotas em Braga e Setúbal fizeram perder a paciência aos adeptos, acabando por sair após um nulo em casa perante a União de Leiria (deixando o Sporting no 3º lugar do Campeonato). Então foi o seu adjunto, Octávio Machado, a reassumir a equipa.

2 factos avultaram da sua curta passagem por Alvalade: a aposta em Yordanov como defesa-central (que não viria a ter sequência) e o lançamento na equipa principal de Beto, que iniciou aí uma longa e bem sucedida carreira de verde e branco.

Após a saída do Sporting foi de novo para o Charleroi, assumindo depois a Seleção da Bélgica antes do Euro 2000 e qualificando-a para o Mundial 2002 (onde chegou à 2ª fase). Seguiu-se nova passagem pelo Standard de Liège, militando ainda na Seleção da Argélia e no FC Brussels (onde terminou a carreira em 2005).

Depois dedicou-se aos comentários sobre Futebol na televisão do seu país.

ROBERT WASEIGE como TREINADOR do SPORTING
ÉPOCA J V E D GM GS %
1996/97 16 9 3 4 19 11 65,6

Post to Twitter

Deixe o seu comentário