2003 – Emoção a rodos na final da Taça de Portugal de Andebol

6 de Julho de 2003. O Sporting derrotou o FC Porto na final da Taça de Portugal de Andebol com uma vitória sofrida por 30-29. Este foi o 10º triunfo dos leões na competição.

A prova disputou-se no Pavilhão Atlântico, em Lisboa, e foi resolvida em “final-four”, tendo os verde e brancos derrotado nas meias-finais o Águas Santas por 27-25.

O jogo decisivo foi emocionante, entre as duas equipas com maior historial em Portugal na modalidade. O Sporting procurava a desforra da vitória do FC Porto no Campeonato e conseguiu-a com todo o mérito. Se a meia-final já tinha sido disputadíssima então a final foi magnífica de emoção e luta.

Até ao intervalo houve grande equilíbrio, chegando os leões ao descanso com uma vantagem mínima – 11-10. Os portistas estiveram muito bem nos minutos iniciais do 2º tempo, chegando ao avanço de 20-18, e os minutos finais foram de tudo por tudo de ambos os contendores, numa peleja verdadeiramente imprópria para cardíacos. No final o Sporting acabou por vencer por 30-29 numa partida memorável.

O treinador José Tomaz afirmou então que: “Existem muitas variáveis em jogo, e nós usámos todos os argumentos para tentar vencer”. Moniz Pereira enalteceu a “atitude de grande profissionalismo de todos os atletas do Sporting, pelo que a conquista tem um sabor especial”.

O Sporting alinhou neste encontro inesquecível com: Miguel Fernandes e Ricardo Correia; José Vieira (5), Ricardo Andorinho (6), Kraljic (8), José Santos, Armando Pires, Luís Gomes (5), Rui Silva (1), Ricardo Dias (3) e Fernando Nunes (2). Esta partida marcou a despedida do clube do treinador José Tomaz (foto).

Post to Twitter

Deixe o seu comentário