Cadete – Explosivo e carismático

Jorge Paulo Cadete dos Santos Reis nasceu a 27 de Agosto de 1968 em Porto Amélia – Moçambique. Era ainda juvenil quando o Sporting o recrutou ao Ac. Santarém, chegando à equipa principal no Verão de 1987.

Estreou-se oficialmente (vindo diretamente dos juniores) a 23 de Agosto de 1987 (com Keith Burkinshaw) no Sporting-Rio Ave (4-1) para a 1ª jornada do Campeonato Nacional.  Nessa 1ª temporada em Alvalade era visto como um médio ala direito e somou apenas 8 presenças.

Na época seguinte esteve emprestado ao Vitória de Setúbal onde evoluiu muito como jogador (com o técnico Manuel Fernandes), e quando regressou para 1989/90 Manuel José começou a utilizá-lo como avançado ao lado do experientíssimo Fernando Gomes – ele próprio teve grandes responsabilidades nesse facto pois assumiu publicamente que “poderia ser o ponta-de-lança do Sporting”. Marcou o seu 1º golo a 3 de Dezembro de 1989 em Santa Maria da Feira (triunfo por 2-1).

Em 1990/91, já com Marinho Peres como técnico, Cadete manteve a “sociedade” com Gomes, ganhando carisma entre os sportinguistas sobretudo pelo seu contributo para a excelente campanha europeia da equipa. No ano seguinte assumiu-se como um temível goleador fazendo 25 golos no Campeonato, para em 1992/93 (com Robson) se sagrar o melhor marcador da principal competição futebolística nacional com 18 golos (fazendo dupla com Yordanov ou Juskowiak).

Em Dezembro de 1994 assumiu publicamente (numa altura em que era o capitão de equipa) o seu desagrado pelo despedimento do treinador Bobby Robson e a verdade é que, a partir daí, não foi aposta consistente do novo técnico Carlos Queiroz (embora nos primeiros meses ainda fosse bastante utilizado). Na temporada seguinte o inevitável aconteceu a acabou emprestado para Itália (Brescia). Ainda voltou para 1995/96 mas, sem ser utilizado, rescindiu contrato e nunca mais voltou ao Sporting…  A sua última partida foi realizada a 8 de Novembro de 1995 frente ao Tirsense (1-0) para o Campeonato. O derradeiro golo tinha acontecido a 20 de Maio de 1994 no Funchal frente ao Marítimo (1-2).

Totalizou 8 épocas, 203 jogos e 81 golos pelo Sporting, tendo feito parte dos plantéis que ganharam uma Taça de Portugal e duas Supertaças. Foi o melhor marcador da equipa em 1991/92 (26 golos) e 1992/93 (23). Deixou a imagem de um avançado bastante rápido com bom poder de “explosão”, ótimo jogo de cabeça e muito carisma.

Após sair de Alvalade tornou-se um verdadeiro ídolo na Escócia ao serviço do Celtic. Passou ainda por Celta de Vigo, Benfica e Bradford, Estrela da Amadora, Partick Thistle, Pinhalnovense e S. Marcos.

Foi internacional A por 33 vezes apontando 5 golos.

GOLOS de CADETE ao serviço do SPORTING
ÉPOCA TT TU CN TP ST TOTAL
1987/88 0 - 0 0 0 0
1989/90 - 0 7 0 - 7
1990/91 - 6 3 1 - 10
1991/92 - 0 25 1 - 26
1992/93 - 1 18 4 - 23
1993/94 - 4 10 1 - 15
1994/95 - 0 0 0 - 0
1995/96 0 - 0 0 0 0
Total 0 11 63 7 0 81

Post to Twitter

Deixe o seu comentário