Gabriel – Um defesa-direito experiente e regular

Gabriel Mendes nasceu a 30 de Maio de 1954 em Miragaia – Porto. Começou nas camadas jovens portistas, e num percurso feito a pulso chegou a protagonista na equipa comandada (na altura) por Pedroto. Foi duas vezes campeão nos azuis e brancos, acabando por chegar a Alvalade já depois do fecho oficial da época 1982/83, após ter rescindido com o seu clube de origem.

Estreou-se oficialmente a 28 de Agosto de 1983 (com Jozef Venglos) num Sporting-Penafiel (5-1) para a 1ª jornada do Campeonato Nacional. A 1 de Outubro marcou o 1º (e único) golo de verde e branco, numa receção ao Sporting de Espinho (2-0) para o Campeonato. Nessa 1ª temporada foi titular indiscutível no lado direito da defesa, fazendo valer a sua grande experiência.

No ano seguinte, com John Toshack, jogou menos, pois o inglês optou por colocar Carlos Xavier na direita da defesa, mas em 1985/86 voltou a ser praticamente intocável, constituindo uma firme aposta de Manuel José. 1986/87 foi a sua última época no Sporting. Até Dezembro jogou regularmente, mas a saída de Manuel José do comando técnico (substituído por Keith Burkinshaw) e a chegada do brasileiro João Luís para lhe fazer concorrência afastou-o completamente da equipa.  A 21 de Dezembro de 1986 jogou pela última vez de “leão ao peito” num triunfo (para a Taça de Portugal) em Aveiro frente ao Beira Mar por 1-0 após prolongamento. Curiosamente, o seu último jogo para o Campeonato foi o dos inesquecíveis 7-1 ao Benfica!

Esteve um total 4 épocas no Sporting, realizando 108 jogos oficiais e marcando 1 golo. Foi um bom elemento de equipa, e melhor seria se tivesse chegado uns anos mais cedo ao clube.

Depois ainda jogou 1 ano no Sporting da Covilhã, encetando a seguir um percurso como treinador onde nunca atingiu grande destaque.

Foi 20 vezes internacional A.

Atualmente está no negócio dos táxis, pelas ruas do Porto.

Post to Twitter

Deixe o seu comentário