Enrique Fernández – Campeão em 3 países e 4 clubes diferentes

Enrique Fernández Viola nasceu a 10 de Junho de 1912 em Montevideu – Uruguai. Como futebolista (internacional por 8 vezes), jogando como médio ofensivo, destacou-se no Nacional de Montevideu, passando depois por Independiente e FC Barcelona.

Mais tarde “abraçou” a carreira de treinador (com apenas 25 anos, devido a uma lesão grave), tendo ganho 2 Campeonatos uruguaios pelo Nacional, duas Ligas espanholas e uma Taça Latina (frente ao Sporting) pelo Barcelona e outra Liga pelo Real Madrid (foi o único técnico a conseguir ser campeão nos 2 colossos espanhóis). Foi também campeão no Chile ao serviço do Colo-Colo, de onde transitou para o Sporting na parte final da temporada de 1956/57 (substituindo Abel Picabêa).

A 18 de Abril estreou-se oficialmente no “banco” leonino, num Sporting-Atlético CP (3-1) para a Taça de Portugal. Acabou por ser eliminado da competição nos quartos-de-final pelo Vitória de Setúbal mas foi-lhe dada a oportunidade (pelo presidente Francisco de Cazal Ribeiro) de iniciar a época seguinte. Em boa hora o fez, pois reconquistou o título nacional (na última jornada) para os leões (o 10º) após uma prova disputadíssima com o FC Porto.

As expetativas eram altas para a época seguinte, mas, desta vez, as coisas não sairam bem, e acabou por treinar pela última vez a equipa a 8 de Março de 1959 com uma derrota na Covilhã por 1-0, deixando o clube no 4º lugar da classificação.

Acabou por deixar uma boa imagem em Alvalade, sobretudo pelo título conquistado, mas também por ter lançado e apostado na 1ª equipa em homens como David Julius, Vadinho, Ivson, Lino, Morais, Carvalho, Hilário, Morato, entre outros. Foi também com ele que uma equipa portuguesa venceu pela 1ª vez um jogo da Taça dos Campeões Europeus – quando o Sporting triunfou na Holanda frente ao DOS Ultrecht por 4-3, a 1 de Outubro de 1958. Com o triunfo em Alvalade na 2ª mão por 2-1, o Sporting foi a 1ª equipa portuguesa a ultrapassar uma eliminatória da competição “rainha” do Futebol europeu.

Depois treinou o Bétis de Sevilha, a Seleção do Uruguai e o Gimnasia de La Plata. Morreu a 6 de Outubro de 1985.

ENRIQUE FERNÁNDEZ como treinador do SPORTING
ÉPOCA J V E D GM GS % TÍTULOS
1956/57 4 1 1 2 5 5 37,5
1957/58 32 21 8 3 86 28 78,1 CN
1958/59 28 13 7 8 55 35 58,9
TOTAL 64 35 16 13 146 68 67,2 1CN

Post to Twitter

Deixe o seu comentário