2004 – Triunfo na Taça de Portugal de Andebol, na despedida de jogadores marcantes

23 de Junho de 2004. Não podiam desejar melhor despedida os vários jogadores de Andebol do Sporting que deixaram o clube no final da época 2003/04. Ricardo Andorinho (Portland San Antonio) e Vojislav Kraljic (JD Arrate) foram os 2 principais exemplos desse facto, mas Jerkovic, Fernando Nunes e David Graça também saíram com mais uma Taça de Portugal no currículo, razão pela qual os seus festejos foram mais emotivos.

O Sporting conseguiu a sua 11ª Taça de Portugal – a 2ª consecutiva, tendo o técnico galego Fran Teixeira (que se estreou esta época no clube, vindo do FC Gaia) festejado o seu 1º título em Portugal.

Na meia-final desta “final-four” o Sporting derrotara o S. Bernardo por 29-20, enquanto nos quartos-de-final afastara o FC Porto por 32-30. O jogo decisivo disputou-se em Castelo Branco e opôs o Sporting ao Belenenses. Ao intervalo o Sporting já vencia por 16-8, triunfando no final por 29-23 com alguma tranquilidade.

Ricardo Andorinho (foto), a principal figura da equipa neste jogo (a par de Miguel Fernandes), era um dos mais emocionados após a conquista deste troféu dado que a despedida de Alvalade já era um facto consumado (após 10 anos de verde e branco). Afirmou no final: “Estou muito feliz com este êxito, ainda mais porque vou deixar o Sporting e termino assim o meu vínculo com um título nacional. É uma situação difícil de gerir no ponto de vista emocional. A vida continua, vou partir para uma nova aventura e espero que tudo corra bem. As coisas estavam acertadas contratualmente, o Sporting tomou algumas decisões no início do ano e perante isso os atletas tiveram de definir o seu futuro. Sou sportinguista de alma e coração, servi o clube durante 10 anos e saio sobretudo pela questão desportiva”.

Alinharam neste jogo decisivo frente aos azuis: Miguel Fernandes e Alexandre Ferreira; Ricardo Andorinho (7), Pedro Gama (2), Kraljic (5), José Santos, Armando Pires, Luís Gomes (5), Jerkovic (4), Rui Silva, Ricardo Dias, David Graça (3) e Fernando Nunes (3).

Post to Twitter

Deixe o seu comentário