Keith Burkinshaw – O homem que despediu Manuel Fernandes

Harry Keith Burkinshaw nasceu a 23 de Junho de 1935 em Higham, uma localidade próxima de Barnsley na Inglaterra. Como futebolista atuava na defesa, nunca chegando a atingir grande relevo – embora tenha alinhado no Liverpool.

A sua carreira de treinador começou no Denaby United, passando depois pelo Scunthorpe e Tottenham. Nos “Spurs” realizou um trabalho que deu brado, conquistando a FA Cup em 1981 e 1982 e a Taça UEFA em 1984 com jogadores como Hoddle, Ardiles ou Crooks. Passou depois pela seleção do Bahrain antes de rumar a Alvalade em Fevereiro de 1987, substituindo o “interino” Marinho Mateus (que por sua vez havia tomado o lugar de Manuel José).

Estreou-se no banco leonino (tendo como adjunto Fernando Mendes) a 22 de Fevereiro com um empate (1-1) em Portimão. Depois vieram uma série de triunfos que aumentaram as expetativas (que já de si eram altas) quanto às suas qualidades de treinador ofensivo que apostava num futebol flanqueado. No Campeonato desse ano terminou num modesto 4º lugar (posição onde a equipa se encontrava quando chegou), mas conseguiu qualificar os leões para a final da Taça de Portugal depois de eliminar o Porto (que duas semanas depois se sagraria campeão europeu) nas Antas – aliás também já derrotara os nortenhos para o Campeonato. No Jamor ficou um sabor amargo com a derrota por 2-1 perante o Benfica.

Foi-lhe então concedida a hipótese de começar a época seguinte, mas no defeso tomou uma decisão tremendamente impopular entre os sportinguistas (e que se viria a provar, absolutamente errada) ao dispensar Manuel Fernandes – isto perante a complacência da direção liderada por José Amado de Freitas.

A temporada de 1987/88 até nem começou mal, mas algumas derrotas inesperadas afastaram rapidamente os leões do título. Em Dezembro ainda ganhou (categoricamente) a Supertaça frente ao Benfica, mas uma derrota por 4-0 em Penafiel, a 31 de Janeiro de 1988, precipitou o seu inevitável despedimento.

Enquanto treinador leonino lançou vários jovens como Nélson Reis, Rui Correia, Vítor Santos, Ferrinho e Cadete, mas apenas este último se viria mais tarde a afirmar no clube.

Depois, até ao final da sua carreira, o maior feito conseguido foi ter ajudado o Watford a subir à Premier League em 2006. Deixou o clube (e o futebol) em Dezembro de 2007 devido a sérios problemas de saúde no seio do seu agregado familiar.

KEITH BURKINSHAW como treinador do SPORTING
ÉPOCA J V E D GM GS % TÍTULOS
1986/87 15 9 3 3 33 14 70
1987/88 26 11 7 8 41 29 55,8 ST
TOTAL 41 20 10 11 74 43 61 1ST

Post to Twitter

Deixe o seu comentário