2001 – Taça de Portugal completa “dobradinha” no Andebol

24 de Junho de 2001. Numa temporada excelente para o Andebol sportinguista, os leões juntaram a vitória na Taça de Portugal (9ª) ao Campeonato (conquistado cerca de 1 mês antes), conseguindo a tão ansiada “dobradinha”. Na meia-final o Sporting batera o Ginásio do Sul por 30-22, patenteando uma clara superioridade. A partida decisiva disputou-se em Tavira e foi como que um tira-teimas do” play-off” final do Campeonato entre Sporting e FC Porto.

Com as lesões de Milan Stohr e Ricardo Andorinho (só entrou em campo para marcar os livres de 7 metros), e a expulsão de Paulo Faria logo na fase inicial do encontro por pontapear a mesa do cronometrista, o Sporting recuperou de 1-5 para 8-8, chegando ao intervalo a vencer por 15-13. Na 2ª parte continuou a grande emoção. O FC Porto fez um parcial de 6-0 chegando a 19-15, mas o Sporting mudava continuamente de estratégia, confundindo um pouco o seu adversário e conseguindo reduzir para 22-23 a 10 minutos do fim.

Tudo se decidiu no último minuto com um livre de 7 metros de Ricardo Andorinho a fazer o 25-24 e o grande sentido coletivo da equipa leonina a defender, anulando as 3 tentativas de remate de Petric. No final surgiu a explosão de alegria e uma imagem ficou na retina – a do guarda-redes Carlos Ferreira, sentado, encostado a um dos postes da sua baliza e a chorar. Na temporada seguinte iria jogar no FC Porto pois a sua vida profissional estava enraizada no norte, mas mais uma vez deu uma grande demonstração de classe.

A equipa orientada por José Tomaz: Carlos Ferreira; David Graça (3), Kraljic (3), Paulo Faria, Luís Gomes (4), Luís Garret (4), Armando Pires (3), Vítor Tapadinhas (1), Ricardo Andorinho (7) e Fernando Nunes. Hugo Canela, Joaquim Gomes e Ricardo Gomes também participaram, mas apenas na meia-final.

O ponta-esquerda leonino e um dos seus jogadores mais categorizados, Ricardo Andorinho, afirmou no final: “É uma sensação difícil de descrever, uma alegria imensa saber que todo o trabalho desenvolvido durante 1 ano teve resultados. É a melhor época de sempre do Andebol do Sporting e sinto-me orgulhoso por ter contribuído para ela”.

video

Post to Twitter

Deixe o seu comentário