Chegou Peyroteo!

26 de Junho de 1937. A época futebolística caminhava a passos largos para o seu final. O Sporting era mais uma vez Campeão de Lisboa, conseguindo um inédito tetra-campeonato, perdera o Campeonato de Liga e aprestava-se para tentar ganhar o Campeonato de Portugal.

O céu azul de Lisboa, numa manhã estival, “dava as boas vindas” ao jovem Fernando Peyroteo, proveniente de Luanda a bordo do “Niassa”. O miúdo de 19 anos vinha com a mãe. Jogara no Sporting de Luanda onde dera nas vistas, e a sua fama chegara à metrópole. Os dirigentes Francisco Franco e Filipe Conrado esperavam-no com Aníbal Paciência, já jogador do Sporting, e um grande amigo de Fernando, do qual era um temível adversário no Ténis de Mesa nos tempos de Angola. Logo se dirigiram para a sede do Sporting na praça dos Restauradores onde Peyroteo encontrou um ambiente de muita alegria e muita música que o deixaram algo inibido. Pouco depois dava a sua palavra aos dirigentes leoninos que seria pelo Sporting que iria jogar.

Curiosamente, alguns dias mais tarde, Fernando Peyroteo foi abordado por um emissário do FC Porto na Estação do Rossio (onde esperava o combóio para Sintra). Aí ofereceram-lhe um emprego na cidade invicta, um salário aliciante para alinhar pelos portistas e um prémio chorudo pela assinatura do contrato. Apesar da “inércia” do Sporting na resolução das condições e na assinatura do contrato, Peyroteo não deu quaisquer esperanças ao nortenho, declarando-lhe que já tinha tudo tratado com o clube de Alvalade (o que até nem era verdade…). Alguns dias depois fez o seu 1º treino, já sob a orientação de Jozef Szabo, que recomendou de pronto à direção do clube que se apressasse a formalizar com ele o contrato que tardava. Assim foi. Peyroteo assinou pelo Sporting sem sequer ler as condições do acordo. Recebeu de prémio de assinatura por 3 anos 500$ e combinou um salário mensal de 700$ que era complementado com mais algum “por fora” devido ao seu alto rendimento.

Aquele que se viria a tornar o melhor futebolista da História do Sporting estava pronto para mostrar tudo o que ninguém ainda imaginava!

Post to Twitter

Deixe o seu comentário