José Garnel

José Garnel Pinto Junior nasceu a 16 de Março de 1898. Surgiu no Sporting (o seu 1º e único clube) em 1926 onde se começou a mostrar um lançador de eleição. Logo nessa 1ª temporada sagrou-se campeão do clube (prova que se realizava na altura) dos lançamentos do dardo, disco e peso. Nos Campeonatos de Lisboa venceu no disco e no peso, para nos Nacionais levar a melhor no disco, sempre sob a orientação de Salazar Carreira. No final da época já era detentor do recorde nacional do lançamento do disco, com 35m63cm.

No ano seguinte, apesar da grave crise financeira que o clube atravessava (muito por culpa do baixo rendimento momentâneo no Futebol), Garnel consolidou o seu valor ao triunfar nos Regionais (disco), no 1º Porto-Lisboa (disco e peso) e no concurso do Académico (disco e peso). A partir daí foi um acumular impressionante de vitórias e recordes.

Em 1930 o jornal “Sporting” publicou uma lista dos leões campeões nacionais de Atletismo, e aí Garnel já liderava, com 9 vitórias.

Em 1932 bateu o recorde nacional do lançamento do peso com 13m07cm. Em Outubro de 1933, no jornal “Os Sports”, veio referenciado como o atleta nacional mais vezes campeão de Portugal, aí já com 13 títulos.

Competiu ao mais alto nível até 1935 ficando depois como orientador técnico dos seus discípulos, o mais mediático dos quais foi Emídio Ruivo. Para além de inúmeros títulos regionais, foi Campeão Nacional do lançamento do peso por 7 vezes, do disco por 5, e do dardo por duas vezes.

Foi recordista nacional do lançamento do peso de 1932 a 1939, do disco em 1926 e 1927 e do dardo entre 1932 e 1937. A partir deste ano passou a disputar-se a Taça José Garnel, uma importante competição de Atletismo que homenageava o melhor atleta de sempre até à altura.

Post to Twitter

Comments (2)

 

  1. Rosa Garnel L Antunes says:

    Gosto muito de desporto.De certeza que tenho uma costela do meu bisavô.
    Tenho muito orgulho em ter na Familia um grande campeão como ele foi.OBRIGADA.

    ROSA VILLAR GARNEL LOBO ANTUNES.

  2. Patricia Garnel says:

    Quero começar por agradecer em nome do meu Pai, José Garnel, o tributo feito ao grande atleta que foi o meu Avô. Leu comovido e pediu-me para agradecer a quem escreveu.
    Agradeço portanto ao Pedro Helder Maia todas as buscas na imprensa antiga, toda a pesquisa feita ao historial do meu Avô, todas as perguntas e todos os e-mails trocados.
    Agradeço este tributo em nome de toda a minha família.
    Grande Avô Garnel. Eu tenho o maior orgulho!!!! Foi assim que aprendi que o Sporting Club de Portugal além de um GRANDE do futebol é um GRANDE em muitas outras coisas. Aprendi que mesmo quando a crise aperta no lado futebolístico continuamos a ser um GRANDE clube!!
    Por isto tudo um grande obrigada e um enorme abraço de todos e VIVA O SPORTING!!!!

    Um beijo muito especial ao meu Avô! Esteja onde estiver!!!

    Patrícia Garnel

Deixe o seu comentário