2015 – Pentacampeãs nacionais de pista em Atletismo

14 de Junho de 2015. A equipa feminina do Sporting terminou o Campeonato Nacional de Clubes de pista, que se disputou este fim-de-semana em Vagos, no 1º lugar com um total de 162 pontos, conquistando o pentacampeonato. As leoas não deram a mínima hipótese à concorrência durante a competição, vencendo 16 das 21 provas realizadas, o que mostra bem a superioridade ‘verde e branca’. Os resultados das atletas leoninas durante o fim-de-semana foram os seguintes: 100m – Dorcas Bazolo – 1º lugar – 11,89s 4×100 metros – 1º lugar – 45,80s 200m – Dorcas Bazolo – 1º lugar – 24,19s 100m barreiras – Olímpia Barbosa – 2º lugar – 14,02s 400m – Cátia Azevedo – 1º lugar – 53,86s 4x400m – 1.º lugar – 3m40,59s 400m barreiras – Patrícia Lopes – 2º lugar – 1m00,39s 800m – Neide Dias – 2º lugar – 2m14,20s 1.500m – Joana Costa – 1º lugar – 4m27,58s 3.000m – Sara Moreira – 1º lugar – 9m16,66s 3.000m obstáculos – Solange Jesus – 2º lugar – 10m45,96s 3.000m marcha – Vera Santos – 1º lugar – 12m53,00s 5.000m – Sara Moreira – 1º lugar – 15m56,64s Altura – Anabela Neto – 1º lugar – 1m75cm Comprimento – Shaina Mags – 3º lugar – 6m02cm Dardo – Sílvia Cruz – 1º lugar – 53m89cm Disco – Irina Rodrigues – 1º lugar – 53m69cm Martelo – Vânia Silva – 1º lugar – 59m38cm Peso – Jessica Inchude – 1º lugar – 14m72cm Triplo-salto – Patrícia Mamona – 1º lugar – 14m09cm Vara – Marta Onofre – 1º lugar – 4m20cm A classificação final do quadro feminino...

2014 – Tetracampeões nacionais de Judo na despedida de João Pina!

14 de Junho de 2014. No Pavilhão do Feijó, em Almada, decorreu o Campeonato Nacional de Judo. O Sporting alcançou o tetracampeonato e João Pina, a grande figura da História da modalidade no clube, despediu-se da competição Pina (81 kg) soube conter as emoções e vencer (ippon) ontem o seu último combate frente a Tomás Costa, abrindo caminho para o triunfo na final (3-2) do Sporting frente à Universidade Lusófona. Houve então uma “explosão de alegria” com o público a ovacionar freneticamente o atleta olímpico (7º em Atenas 2004) e bicampeão europeu (2010 e 2011), que aos 32 anos abandonou uma carreira de 16 ao mais alto nível: “Foi a despedida da melhor forma, ao contribuir para a vitória do Sporting, num combate duro, mas estava muito concentrado, tendo de me aplicar. Fica alguma frustração, pois gostaria de continuar, mas as lesões são mais que muitas. Mesmo que me apurasse para os Jogos Olímpicos de 2016 dificilmente teria capacidade para lutar pelo pódio. Foram muitos anos a dar o máximo”. Na despedida, João Pina também falou da sua nova tarefa, como selecionador nacional de cadetes: “Acho que vou fazer um bom trabalho, transmitindo aos jovens a minha experiência. Espero que ganhem o dobro das medalhas que eu ganhei.” O triunfo de Pina na final dos leões foi complementado com as vitórias do luso-moldavo Sergiu Oleinic (66 kg) e de Jorge Fonseca (+81 kg), que superaram (ippon), respetivamente, Pedro Guarinho e Hugo Silva. Pelos universitários ganharam Miguel Galhardas (60 kg) e Luís Carmo (73 kg), ao baterem Manuel Sousa e João Rodrigues, enquanto o Lisboa Ginásio e as Oficinas de...

1986 – Voleibol feminino bisa na Taça de Portugal

14 de Junho de 1986. Neste dia o Voleibol feminino do Sporting, tal como na época anterior, conquistou a Taça de Portugal, ao triunfar, agora, sobre as recém-campeãs nacionais do Leixões. A final disputou-se na Casa do Povo de Fiães, repleta de espetadores, na sua maioria matosinhenses, mas que não se conseguiram opôr ao brilho da exibição das sportinguistas. O Sporting venceu por 3-2 ao cabo de 129 minutos dum jogo apaixonante. Os parciais finais foram 15-17, 15-11, 15-13, 8-15 e 19-17 na disputadíssima negra, na qual as leoas estiveram a perder por 11-1 (!) frente a um Leixões com jogadoras de grande experiência. Animicamente mais fortes, as sportinguistas acabaram por dar a volta à situação e vencer com grande classe. A equipa: Luísa Oliveira, Mafalda Patrício, Manuela Fonseca, Libânia Santos, Ana Helena, Cristina Nascimento, Teresa Cruz, Olga Tavares e Susana Cunha. O treinador era António Martins. Este foi o culminar de 2 bons anos no Voleibol feminino do Sporting, que ainda viria a conquistar, em final de temporada, a Supertaça. Na foto, a capitã Luísa Oliveira recebendo um dos troféus conquistados pela equipa sportinguista neste período áureo – o Triangular de...

2021 – Campeões Nacionais de Futsal com goleada na Luz!

13 de Junho de 2021. A equipa de Futsal do Sporting CP sagrou-se neste domingo Campeã Nacional (pela 16ª vez) ao vencer o SL Benfica por 6-2, na Luz, no 4º encontro da final do play-off da Liga Placard – após 3-1 (c), 5-7ap (f) e 2-1 (c). O arranque da partida trouxe várias oportunidades para ambas as equipas nos primeiros 10 minutos, incluindo dos guarda-redes Guitta e Roncaglio, que testaram os reflexos um do outro e defenderam uma série de remates dos adversários. Aos 8 minutos, numa altura em que contabilizavam já 4 faltas, contra apenas uma do Sporting CP, as águias colocaram-se na frente com um golo do russo Chishkala, mas logo a seguir, no espaço de poucos segundos, Pauleta e Tomás Paçó consumaram a reviravolta. Quando o SL Benfica tentava reagir e chegar à igualdade, o Sporting CP pressionou alto, roubou a posse de bola junto à baliza de Roncaglio e Pany Varela fez o 3-1! Na 2ª parte, o Benfica tinha que arriscar, mas foi o Sporting a aumentar a contagem com Alex Merlim, aos 4 minutos, a aproveitar da melhor forma uma perda de bola de Roncaglio quando este tentava sair a jogar. A meio da 2ª parte, numa altura em que os encarnados carregavam, os leões chegaram ao 5-1 num lance em que Zicky serviu com mestria Erick, que se estreou a marcar. Logo a seguir, e ainda com 12 minutos para jogar, Joel Rocha apostou no 5×4, conseguindo reduzir para 2-5 por Rafael Henmi. A 4 minutos do final, na sequência dum lance em que o SL Benfica esteve perto de diminuir...

1999 – 25º título nacional de Ténis de Mesa e Benfica ultrapassado!

13 de Junho de 1999. Neste dia o Sporting conquistou o seu 25º título nacional ao bater por 4-1 o São Roque no último jogo do play-off. Finalmente os leões ficaram isolados no total de títulos conquistados, ultrapassando o Benfica. A Sala de Alvalade esteve cheia para os 2 jogos finais do competição. E se no sábado, 12 de Junho, o Sporting perdeu por 4-1 adiando tudo para o dia seguinte, no domingo os muitos sportinguistas presentes transbordaram de alegria. Os jogadores abraçavam-se e choravam não conseguindo esconder os sentimentos e a tensão libertada por uma luta titânica, dramática. O público não se cansou de aplaudir os seus heróis, tendo também a equipa madeirense sido aplaudida desportivamente aquando da distribuição das medalhas. A partida mais espetacular do fim de semana foi precisamente a última, entre Vladimir Marinkevich e Xiao Dali, tendo vencido o sportinguista por 21-17, 19-21 e 22-20. O ucraniano (treinador-jogador de 30 anos) afirmou no final: “Estivemos bem melhor, sabendo superar o desacerto da véspera. Jogámos o tudo ou nada, e com a ajuda do público conseguimos a vitória.” Os jogadores presentes nestes jogos decisivos foram Vladimir Marinkevich, Tiago Rocha, Rogério Alfar e Pedro...

1981 – Tetracampeões de Andebol

13 de Junho de 1981. Nesse dia o Sporting conquistou o título nacional de Andebol, 14º e 4º consecutivo, ao derrotar o FC Porto na partida decisiva por 26-19. O pavilhão do Alvalade estava a “escaldar”. Nas bancadas, muita gente em tronco nu e calções. Dezenas de bandeiras verdes agitadas, o jogo era decisivo, e quem ganhasse conquistava o Campeonato. Ao intervalo o Sporting chegou com a vantagem de 12-9. O FC Porto reagiu até aos 13-11, mas o Sporting arrancou para 18-11 decidindo aí o nome do novo campeão. Depois das saídas de João Gonçalves para o Benfica e de João Manuel para o FC Porto, foi com alguma surpresa que o Sporting conquistou este título, mas a experiência de elementos como Brito, Franco e José Manuel foi determinante. A equipa mostrou-se muito unida em busca dum objetivo comum. O Sporting defendia com grande garra e mostrava uma excelente condição física que o fazia não ter quebras assinaláveis durante os jogos. Ângelo Pintado e o guarda-redes Pedro Miguel foram passeados em ombros pelos adeptos leoninos. Para o treinador: “Creio que ninguém pode ter dúvidas da superioridade da minha equipa. Fomos melhores em todos os aspetos. Estou contentíssimo por termos ganho a Taça e o Campeonato. Eu estive muito tempo no Benfica e era olhado com alguma desconfiança no Sporting, mas com esta época plena de êxitos julgo que consegui a confiança de todos”. O Sporting jogou nesta inesquecível partida com: Pedro Miguel (Carlos Silva); José Manuel (5), Carlos Correia, Vasco Vasconcelos (1), Agostinho, Miranda (3), Sousa, Costa (3), Brito (2), Bernardo (2) e Franco (10). Foto: Uma das...

2022 – 16ª Taça de Portugal para o Andebol após luta incrível com o FC Porto!

12 de Junho de 2022. Centro de Congressos e Desportos de Matosinhos. A equipa de Andebol do Sporting conquistou neste domingo a Taça de Portugal ao bater na final o FC Porto por 36-35 num jogo com 2 prolongamentos, após empate 26-26 no fim do tempo regulamentar. Os leões passaram a somar 16 troféus e reforçaram assim o estatuto de recordistas na prova. Depois de eliminar o Benfica nas meias-finais (33-30) na véspera, os leões encontraram mais um adversário fortíssimo no caminho para a glória. Foi um duelo muito intenso. A nossa equipa entrou melhor e colocou-se em vantagem por 2-0. Os azuis e brancos só marcaram o seu 1º golo após os 6 minutos de jogo. Ainda assim o jogo foi equilibradíssimo (tal como se esperava), embora os portistas tenham chegado a 7-4. A 10 minutos do intervalo estava 11-8 para o nosso adversário, fruto também de alguma grandes defesas de Mitrevski, e ao intervalo a desvantagem leonina cifrava-se em 13-15. . O Sporting CP entrou bem na 2ª parte. Esteve a perder por 14-15, 18-19, 20-21 (a meio deste período). A reta final foi muito emotiva e indefenida. A menos de 5 minutos do final, 23-24, e aí conseguimos finalmente empatar num um livre direto de Francisco Costa. Com o pavilhão em ebulição, Francisco Costa ainda deu a primeira vantagem na 2ª parte para os leões (25-24), só que a 20 segundos do final o FC Porto fez o 26-26, e já na última posse de bola leonina, Frandsen impediu o golo de Ruesga e levou o jogo para prolongamento. Na 1ª parte, os azuis e brancos marcaram...

2016 – 28 ª Taça de Portugal para o nosso Ténis de Mesa!

12 de Junho de 2016. Uma semana depois de conquistar o Campeonato Nacional, a equipa de Ténis de Mesa do Sporting CP venceu o Benfica na final da Taça de Portugal, conseguindo assim a “dobradinha” num jogo em que a superioridade leonina foi clara e refletiu-se no resultado – 3-0. Depois dos leões vencerem o Juncal nas meias-finais por 3-0 e do Benfica bater a AR Novelense pelo mesmo resultado, a final começou por opôr Diogo Chen a Diogo Carvalho, com o jovem leão a derrotar o seu adversário por 3-1 com os parciais de 5-11, 11-8, 11-8 e 11-7. Seguir-se-ia Aruna Quadri, pelo clube verde-e-branco contra Francisco Santos, das águias. O atleta nigeriano não deu hipóteses ao encarnado, vencendo também por 3-1 e com os parciais de 11-6, 10-12, 11-6 e 11-8. O último jogo seria o de pares, com a equipa leonina a fazer-se representar pelos nigerianos Aruna Quadri e Bode Abiodun, e aí a vitória teria números ainda mais esclarecedores, com o campeão nacional a superiorizar-se por 3-0, com os parciais de 11-6, 11-2 e 13-11. Esta foi a 28.ª Taça de Portugal no palmarés do Sporting CP, tendo a mais recente sido conseguida no ano de...

1954 – Campeões Nacionais de Basquetebol pela 1ª vez

12 de Junho de 1954. O Sporting sagrou-se pela 1ª vez Campeão Nacional de Basquetebol. A situação do Campeonato estava super-emotiva. Os leões necessitavam duma vitória frente ao FC Porto por 21 pontos de diferença, desde que o Sport Conimbricense não triunfasse por mais 5 pontos frente ao Belenenses que a vitória do Sporting frente ao FC Porto – contas complicadas! No Pavilhão dos Desportos os sportinguistas acabaram por triunfar por 58-35 naquela que foi uma vitória dificil mas merecida, premiando uma equipa notável que, ao longo de todo o campeonato mostrou categoria e raça para merecer este desfecho. Alinharam neste último jogo: Garranha (11), Lenine, Gonçalves (20), Vaz (13), Almeida (14), Gaspar Neves, Fernando e Manuel Ribeiro. No final do encontro, quando se soube que o Sport Conimbricense só havia batido o Belenenses por 10 pontos de diferença, houve um delírio avassalador de alegria e entusiasmo que no entanto não fez esquecer a manifestação de desagrado com que a equipa do FC Porto foi recebida e que nem sequer tinha justificação com receções semelhantes que ultimamente haviam sido dispensadas às equipas do sul quando jogavam na capital do norte. Num jogo rico de pormenores táticos, técnicos e emocionais, com uma equipa a pensar numa vitória ampla e a outra a desejar que a derrota, a verificar-se, não o fosse por grande margem, o espetáculo foi de rara beleza. O Sporting foi autoritário, e ao intervalo já conseguira um resultado parecido com o alcançado no final pelos portistas na 1ª volta (31-19). No recomeço o Sporting voltou a distanciar-se, e não fossem 8 lances livres falhados por Garranha, poderia ter...

Ténis de Mesa – CTM Mirandela-2 Sporting-3 – Campeãs Nacionais!

11 de Junho de 2023. A equipa feminina de Ténis de Mesa do Sporting CP garantiu, este domingo, a conquista do Campeonato Nacional depois de bater o CTM Mirandela por 3-2 no 3º e último jogo da final, disputado em terreno adversário. Este é o 15.º Campeonato Nacional conquistado pelas leoas (o último tinha sido em 2019). E foi preciso dar tudo por tudo e alcançar os limites para que a equipa orientada por Marco Rodrigues vencesse em Mirandela diante do emblema que acabou em 1º lugar na fase regular. Depois de perder o jogo de pares logo a abrir a final, a formação verde e branca deu a volta à decisão graças às prestações individuais de Anna Hursey e, sobretudo, de Galia Dvorak. A espanhola venceu o jogo que deu o 2-1 e, mais tarde, foi a responsável por assegurar o Campeonato no 5º e último set. Num jogo inaugural de pares muito equilibrado e que durou mais de 50 minutos, as jovens leoas Anna Hursey e Patrícia Santos até começaram melhor (11-9, 10-12, 16-14), porém, na parte final, foi a dupla composta por Annamaria Erdelyi e Matilde Pinto a levar a melhor (11-2, 11-6), selando o 1-0 para o CTM Mirandela. Tal como no duelo de véspera, o Sporting CP partiu obrigado a correr atrás do resultado. Para isso, a internacional galesa Anna Hursey, de 16 anos, ficou na mesa para enfrentar Inês Matos e deu uma grande resposta com um incontestável 3-0. Depois de ter vencido por 11-9 e 11-6, a mesatenista verde e branca fechou o set com uma recuperação meritória, transformando um 7-10 num...
Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.