Superleague Fórmula – Uma vitória automobilística do Sporting

A Superleague Fórmula foi uma das curiosas competições de Automobilismo que surgiram no início deste século e que procuravam “emular” o sucesso da Fórmula 1.

No caso, a ideia era criar um campeonato semelhante ao da Fórmula 1 (com carros ligeiramente inferiores e mais baratos) em que cada equipa seria constituída ou patrocinada por um grande clube de futebol. O objetivo era trazer as rivalidades do futebol para as pistas internacionais.

O projeto não teve o sucesso desejado e durou apenas entre 2008 e 2011, com a quarta e última temporada a ser marcada pelo abandono dos concorrentes.

Contudo, as suas primeiras temporadas tiveram grande participação, com grandes clubes de todos os continentes: Liverpool, Tottenham, AC Milan, Atlético Madrid, Beijing Guoan, Flamengo e Corinthians, entre outros.

O Sporting esteve presente em 2009, com um carro preparado pela Zakspeed (uma antiga equipa de Fórmula 1) e o piloto português Pedro Petiz. De Portugal, além do Sporting, só o FC Porto participou.

SUPERLEAGUE FÓRMULA: CAPITALISMO DE CASINO

A ideia dos promotores da Superleague era, à partida, interessante: conciliar o sucesso do futebol e da Fórmula 1. Contudo, a sua execução não foi a melhor. Talvez privilegiando o lucro a curto prazo, concretizaram o equivalente, no mundo da promoção desportiva, a uma jogada no casino. Montar este campeonato foi algo como aceder ao br.netbet.com ou a outro site de jogo online e tentar o jackpot logo à primeira.

Na verdade, o principal obstáculo terá sido o facto de os adeptos de futebol, em geral, não sentirem verdadeiramente que os carros e pilotos eram “seus”. O sentimento de ligação e identificação entre o adepto e o atleta que o representa não nasce subitamente; implica toda uma tradição, ou pelo menos que os atletas sejam vistos como “da casa”. A Superleague apostou alto e perdeu.

Contudo, e independentemente de outras considerações, o certo é que o Sporting esteve oficialmente representado nesta competição, e até conseguiu uma vitória.

PEDRO PETIZ E A VITÓRIA LEONINA

Num campeonato extremamente equilibrado, o piloto leonino até já tinha conseguido um pódio na segunda corrida da ronda disputada no circuito inglês de Donington Park (“segunda” pois em cada ronda eram disputadas duas corridas.) Na quinta ronda, disputada a 4 de outubro de 2009 no circuito italiano de Monza, Petiz assumiu a liderança depois da travagem para a primeira curva, na segunda corrida. O piloto do Sporting – ou pelo menos encarregado de defender oficialmente as cores do leão – não cometeu um único erro e liderou com autoridade até à vitória final.

Dadas as circunstâncias, talvez não tenha sido a vitória mais celebrada pelos adeptos; mas foi uma forma de afirmar o ecletismo leonino e podemos relembrar o dia que o Sporting subiu ao lugar mais alto do pódio numa competição de “F1” internacional.

Post to Twitter

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Confirm that you are not a bot - select a man with raised hand:

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.