Dionísio Castro

Dionísio da Silva Castro nasceu a 22 de Novembro de 1963 em Fermentões – Guimarães. Tal como Domingos, o seu irmão gémeo, deu os primeiros passos no Atletismo ao serviço do Lameirinho. Em 1984 passou para a equipa da Grundig e no ano seguinte ingressou no Sporting trazido por Moniz Pereira, que assim o juntou ao irmão.

Deparou-se desde o início da sua estada em Alvalade com o problema de não ser tão talentoso como Domingos, mas manteve sempre uma excelente relação com o irmão, aproveitando todas as oportunidades (e foram muitas) para se afirmar como um atleta de eleição, dos melhores que alguma vez passou pelo Sporting.

Ajudou a turma leonina a conquistar 7 títulos de Campeão Europeu de Crosse, chegando inclusivamente à vitória individual em 1990 e aí as suas afirmações foram elucidativas: “É uma vitória com um significado muito especial. Tenho sido marginalizado porque tenho ficado sempre em 2º lugar, só que sempre atrás de um dos melhores atletas do mundo. Provei aqui que tenho muito valor. Com esta vitória tenho de perder os meus complexos de inferioridade, e ver o Domingos mais como adversário que como irmão.”

Nesse mesmo ano,a 31 de Março, atingiu um dos pontos máximos da sua carreira ao bater o recorde do mundo dos 20.000 metros em pista, com 57m18,4s, ficando, na mesma prova, a 1 metro do recorde do mundo da hora… Acrescente-se que Dionísio Castro foi convidado para a corrida para servir de “lebre” (até aos 15kms), só que o sportinguista prosseguiu em prova, aos 18kms isolou-se e nunca mais ninguém o apanhou! O máximo mundial de Dionísio só durou 1 ano, mas em termos europeus foi por vários anos recorde. Ainda em 1990, nos Europeus de Split, falhou a medalha com a meta à vista e por 48 centésimos de segundo… Esteve presente em 2 Jogos Olímpicos, 3 Campeonatos do Mundo e 2 Campeonatos da Europa.

A nível nacional conquistou 2 títulos nacionais de Crosse, em 1987 e 1991. Neste mesmo ano foi campeão ibérico dos 10.000 metros, tendo alcançado ainda 1 título nacional nos 5.000 metros dos campeonatos individuais (1990), e triunfado nos 10.000 metros da Taça dos Campeões de pista em 1988.  Abandonou o Sporting em 1998, ingressando na equipa do Pão de Açúcar Brasil. Em 1999 acabou a carreira devido a uma lesão.

Continua ligado ao desporto, tal como o seu irmão, numa empresa que se dedica a eventos desportivos e representação de desportistas.

Post to Twitter

2 Comments

  1. Boa noite. Infelizmente não podemos satisfazer o seu pedido porque não temos essa informação. Obrigado:)

  2. boa noite eu sou a bruna filipe da lapa -cartaxo o meu pai disse que foi grande amigo do senhor Dionisio Castro.
    O meu pai tem um restaurante aqui na Lapa – Cartaxo chama.se o PIC-NIC se poder enviar o seu numero para o meu email agradeco.
    OBRIGADO E BOA NOITE!!!

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Confirm that you are not a bot - select a man with raised hand:

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.