Final em festa da temporada de 2021

19 de Maio de 2021. Último jogo do Campeonato Nacional. No Alvalade o Sporting recebia o Marítimo (já livre da despromoção) com 2 objetivos claros: ganhar o jogo e ajudar Pote a sagrar-se o melhor marcador da competição (Seferovic tinha marcado 2 golos já nessa tarde e por isso o médio ofensivo leonino precisava de marcar 2 para igualar o adversário – embora perdesse o troféu porque somou mais minutos na Liga – ou 3 para ganhar).

Tudo correu da melhor forma. O Sporting venceu claramente a partida e Pedro Gonçalves marcou por 3 vezes, tirando partido da sua grande classe e também da enorme categoria de Jovane, que lhe fez duas excelentes assistências.

A nossa equipa entrou em campo tranquila e realizou uma boa partida. Logo aos 3 minutos, tiraço de Antunes na trave. Aos 7 Jovane conseguiu chegar á linha de fundo e colocou no meio em Pote que finalizou com classe – 1-0. Aos 20 minutos, Daniel Bragança rematou forte ao poste, e na recarga Pote voltou a marcar! – 2-0. Aos 22, Karo atrasa a bola para Charles, que deixou a bola passar por baixo da bota e entrar! – 3-0.

Na 2ª parte os leões voltaram a entrar fortes. Paulinho, Pote e Jovane tiveram novas chances, desperdiçadas. Aos 59 minutos, grande momento no Alvalade com a saída e o final da carreira de João Pereira – saudado efusivamente por todos os colegas.

Aos 62 minutos veio o 4-0, por Pote (concretizando assim a conquista do título de melhor marcador do Campeonato) após um grande passe em profundidade de Jovane.

Aos 66, entrada em campo e estreia oficial de André Paulo e Tomás Silva. Aos 75, passe em profundidade de Coates para Pote, Charles a sair da baliza e a despachar, mas Plata a tirar as medidas à baliza e a fazer um golaço – 5-0.

Finalmente, aos 89 minutos, Beltrame a reduzir após uma jogada de insistência dos maritimistas.

O final chegou com 5-1 e um fecho de Campeonato em grande pelo Sporting, no regresso ao título principal, 19 anos depois!

A equipa: Max (André Paulo 66); Neto, Coates e Matheus Reis; João Pereira (Gonzalo Plata 59), Matheus Nunes (Tomás Silva 66), Daniel Bragança (João Palhinha 46) e Antunes; Pote, Paulinho (Tiago Tomás 77) e Jovane.

Os leões completaram a competição com 85 pontos (26 vitórias, 7 empates e 1 derrota). Marcaram 65 golos e sofreram 20. O FC Porto ficou a 5 pontos e o Benfica a 9.

Pote foi o melhor marcador do Campeonato com 23 golos, seguido por Seferovic (Benfica) 22 e Taremi (FC Porto) 16.

Post to Twitter

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Confirm that you are not a bot - select a man with raised hand:

Content Protected Using Blog Protector By: PcDrome.